Zona norte é campeã de sujeira em Rio Preto

0
Terrenos da região norte são os mais atingidos pela ação dos sujões em Rio Preto

Multas estabelecidas pelo município não coíbe a ação de sujões que insistem em jogar entulhos em grandes áreas

Alguns bairros da região norte de Rio Preto estão liderando o ranking como os mais sujões. A mais recente investida das autoridades municipais acontece na região ao Núcleo Residencial Nova Esperança, onde existem muitos terrenos baldios, razão pela qual alguns populares, geralmente na calada da noite, jogam todo tipo de lixo no local.

Nos dois últimos dias foram encontrados sacos plásticos, entulhos, animais mortos, sacos de lixo orgânico, moveis quebrados e até vasos sanitários. Moradores das imediações reclamam do mau cheiro que toma conta do bairro e do aparecimento de insetos e roedores.

A administração municipal destaca que já foram gastos cerca de R$ 6 milhões para limpeza desses locais, com a perspectiva de um investimento total de aproximadamente R$ 11 milhões até o final do trabalho. Entretanto, esse gasto acaba sendo em vão, já que os sujões de plantão estão sempre prontos para agir longe dos olhares da população que discorda dessa ação e dos próprios fiscais.

Uma lei municipal prevê multa de até R$ 4,5 mil para quem “depositar, lançar, atirar ou abandonar” quaisquer tipos de resíduos sólidos nas vias e passeios públicos da cidade. A ordem é aplicar multas de R$ 1.374 para quem jogar em vias públicas “papéis, invólucros, embalagens, produtos de limpeza e resíduos sólidos e domiciliares.”

Derramar óleo, líquidos de tinturaria, nata de cal, obstruir caixas receptoras, sarjetas, abandonar veículos, obstruir a varrição ou lançar panfletos de aeronaves são atos puníveis com multa de R$687. Os maiores valores são para os grandes poluidores, aqueles que despejam entulhos em áreas públicas ou particulares.