Whatsapp anuncia teste para limitar mensagens

0
Foto: Divulgação

Na Índia, país campeão em uso do recurso, companhia vai testar um limite de cinco conversas e vai retirar o botão próximo às mensagens de mídia

O aplicativo de conversas Whatsapp anunciou nesta sexta- feira (20) que lançou testes para limitar o encaminhamento de mensagens a várias pessoas ao mesmo tempo.

A medida foi anunciada em meio a tentativas de evitar a disseminação de boatos, depois que pessoas foram mortas por linchamento na Índia após acusações falsas circularem pelo aplicativo de mensagens. Depois dos incidentes, a ferramenta de aviso de encaminhamento
já vinha sendo testada.

Os incidentes tiveram um impacto tão grande na população que o governo indiano ameaçou, na semana passada, processar o aplicativo, de propriedade do Facebook, considerando que a disseminação de notícias falsas também era “sua responsabilidade”, destaca a BBC.

O país, que segundo a companhia é campeão no encaminhamento de mensagens, fotos e vídeos, o Whatsapp vai testar também um limite de cinco conversas de uma vez e vai retirar o botão de encaminhamento próximo às mensagens de mídia.

“Nós acreditamos que essas mudanças, que vão continuar a evoluir, ajudarão o Whatsapp na forma como ele foi projetado para ser: um aplicativo de mensagens privadas”, destacou a empresa em nota.

A empresa declarou ainda que está “profundamente comprometida com a segurança e a privacidade das criptografias das conversas.

Há dez dias, o Whatsapp anunciou que todos os usuários do aplicativo terão acesso ao recurso que avisa quando uma mensagem recebida foi encaminhada de outra
conversa.

Segundo o Whatsapp, a indicação de que uma mensagem foi encaminhada “ajudará a determinar se um amigo ou familiar realmente escreveu a mensagem que enviou ou se a mesma veio originalmente de outra pessoa”.