Vazamento de gás obriga moradores a saírem de casa em Jundiaí

0
Imóveis foram esvaziados em Jundiaí após vazamento de gás natural — Foto: Elza Francisca/Arquivo pessoal

Problema foi causado por conta de perfuração feita pelo Departamento de Água e Esgoto.

Um vazamento de gás natural no bairro Ponte São João, em Jundiaí (SP), obrigou vários moradores a deixarem suas casas na manhã desta quinta-feira (8).

Cerca de 150 alunos de uma escola infantil particular também foram retirados do local.

De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, o vazamento aconteceu por conta de uma perfuração feita pelo Departamento de Água e Esgoto (DAE) da cidade.

Além de equipes dos bombeiros, a Defesa Civil foi acionada e está no local. De acordo com a moradora Elza Francisca, que mora a aproximadamente 30 metros do local, o vazamento de gás começou às 8h45.

“O DAE iniciou uma obra aqui na rua da minha casa e, ao quebrar a calçada, eles furaram um cano da Comgás. Começou um barulho alto e o cheiro de gás ficou muito forte. Inclusive, uma vizinha minha que mora na frente do vazamento, está acamada e precisou ficar aqui comigo. Ficamos com muito medo de que acontecesse uma explosão como foi na Vila Progresso”, afirma.

Por volta das 11h, o vazamento já estava controlado e os moradores foram autorizados a voltarem para as casas.

Casa explodiu após vazamento

Na semana passada, um outro vazamento de gás causou a explosão de uma casa na Rua Anita Garibaldi, na Vila Progresso, também em Jundiaí. A câmera de segurança de um prédio residencial registrou a explosão da casa.

O morador Leonardo Martins, de 86 anos, que estava em casa e teve 50% do corpo queimado, morreu quatro dias depois. Um funcionário da empresa Comgás também se feriu e teve alta nesta quarta-feira (7).

Casa ficou destruída após explosão de gás na Vila Progresso em Jundiaí — Foto: Arquivo pessoal
Casa ficou destruída após explosão de gás na Vila Progresso em Jundiaí — Foto: Arquivo pessoal