Transportes, escolas, saúde: veja o reflexo do protesto dos caminhoneiros na região

0

Greve dos caminhoneiros afetou o dia a dia das cidades com a falta de combustível, que atinge vários serviços.

Com a greve dos caminhoneiros contra o preço do diesel, pedágios e fretes, diversos serviços das regiões de São José do Rio Preto e Araçatuba (SP) estão sendo afetados.

G1 reuniu todos os impactos causados para paralisação. Veja a lista abaixo:

Rio Preto

  • Ceagesp: Nesta sexta-feira (25), nenhum caminhão foi impedido de entrar durante a madrugada na Ceagesp. Apesar disso, o movimento de caminhões foi fraco durante a manhã, apenas com produtores locais entregando frutas e legumes. O restante dos motoristas estão presos no trânsito. A central de abastecimento está com o estoque baixo de alimentos.
  • Transporte público: O Consórcio Riopretrans informou que será necessária, a partir desta sexta-feira, a redução de 50% nas partidas de ônibus do terminal urbano, exceto nos horários considerados de pico, das 5h30 às 8h e das 16h30 às 19h. A redução vale também para domingo durante todo o dia e durante a tarde e noite de sábado.
  • Transporte intermunicipal: Por conta da greve dos caminhoneiros, a Reunidas Paulista comunicou que reduziu a frota para 50% no sábado e 20% no domingo.
  • Ronda policial: A ronda policial não foi afetada, mas o helicóptero Águia será apenas encaminhado em emergências para evitar falta de combustível.
  • Semae: Serviço Municipal de Água e Esgoto de Rio Preto emitiu um alerta, na tarde desta quinta-feira, para a redução do consumo de água na cidade já que os produtos químicos utilizados no tratamento da água são transportados por caminhões.
  • Combustível: O Presidente do Sincopetro no noroeste paulista, Roberto Uehara, afirmou por telefone ao G1 que 70% dos postos da cidade estão sem combustíveis. A tendência é que os demais estabelecimentos fechem ainda nesta quinta-feira por falta de combustível. O proprietário de um posto chegou a ser multado após a alteração do preço do litro do álcool de R$ 4,49 para R$ 4,99.
  • Gás: Sete das 14 distribuidoras de gás da cidade estão com estoques zerados, de acordo com levantamento feito pela TV TEM.
  • Aeroporto: O Departamento Aeroviário do Estado (DAESP) informou, na tarde desta sexta-feira, que o Aeroporto Estadual de São José do Rio Preto que não tem mais combustível necessário para abastecer as aeronaves.

Araçatuba

  • Saúde: A prefeitura informou, por meio de nota, que devido ao desabastecimento de combustível, irá reagendar o transporte de pacientes para outras cidades, exceto em casos de emergência.
  • Transporte público: A TUA, empresa que administra o transporte coletivo, disse que vai rodar nesta sexta-feira com 70% da frota priorizando as linhas mais movimentadas e os horários de pico. Também informou que vai reduzir a oferta de transporte público no fim de semana. No sábado os veículos circulam até às 15h20, no domingo até 13h20 e segunda-feira os coletivos trabalham normalmente.
  • Transporte intermunicipal: Transporte intermunicipal: Por conta da greve dos caminhoneiros, a Reunidas Paulista comunicou que reduziu a frota para 50% no sábado e 20% no domingo.
  • Transporte estudante: A prefeitura informou que o serviço do transporte escolar será temporariamente interrompido a partir de segunda-feira (28). A medida serve para que o estoque atual de combustível atenda, prioritariamente, aos serviços essenciais, como Bombeiros, ambulâncias e segurança.
  • Combustível: De dez postos checados pela TV TEM, apenas cinco funcionam parcialmente.

Catanduva

  • Transporte público: A prefeitura emitiu uma nota nesta quinta-feira que, em função da paralisação dos caminhoneiros e da queda nos estoques do óleo diesel no país, os ônibus do transporte coletivo do município têm previsão de circulação até terça-feira (29).
  • Saúde: Foi determinada prioridade para os serviços de saúde, sobretudo o Samu e a Central de Ambulância.
  • Educação: A prefeitura também informou, nesta sexta-feira, que o transporte de estudantes vai funcionar normalmente até segunda-feira e que, na sequência, será avaliada a disponibilidade de combustível para a frota e insumos para a merenda.
  • Coleta de lixo: A Superintendência de Água e Esgoto (SAEC) comunicou, nesta sexta-feira, que os serviços de coleta de lixo e coleta seletiva têm previsão de serem realizados até sábado, podendo sofrer atrasos e até ser suspensa a partir de segunda-feira (28).

Votuporanga

  • Saúde: Serviços de saúde e educação têm prioridade. O transporte escolar segue normalmente e novas atualizações serão feitas diariamente caso a situação não se normalize.
  • Transporte público: As linhas do transporte público operam normalmente nesta sexta-feira. No sábado, se a situação do combustível não melhorar, as linhas percorrerão até às 13h, e no domingo não haverá prestação do serviço para priorizar os atendimentos na segunda-feira (28).
  • Coleta de lixo: Quanto à coleta de lixo, o serviço segue normalmente.
  • Gás: Três revendodores de gás estão com os estoques zerados.

Fernandópolis

  • Transporte escolar: Foi paralisado nesta sexta-feira e os 26 veículos estão no almoxarifado por causa da falta de combustível.
  • Saúde: Os casos de emergência as ambulâncias estão trabalhando normalmente. Agora carros pequenos, que fazem questões internas da secretaria, estão parados.

Andradina

  • Combustível: Os motoristas enfrentam dificuldades para abastecer, já que dos 11 postos da cidade, apenas três têm combustíveis até a tarde desta sexta-feira.
Manifestantes tentam parar caminhões na Rodovia Washington Luís (Foto: Reprodução/TV TEM)
Manifestantes tentam parar caminhões na Rodovia Washington Luís (Foto: Reprodução/TV TEM)