Toca pra quem? Brenner brilha no São Paulo, supera Calleri e se firma como algoz de Rogério Ceni

0
Brenner comemora gol do São Paulo contra o Flamengo — Foto: Miguel Schincariol / saopaulofc.net

Atacante chega a 17 gols, deixa argentino para trás e anota o sexto gol em duelos com o técnico

Brenner chegou aos 17 gols pelo São Paulo na temporada após marcar duas vezes na vitória sobre o Flamengo, na última quarta-feira, no Maracanã, pelo jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil, e superou a marca de Jonathan Calleri, xodó da torcida são-paulina, em 2016.

O atacante revelado nas categorias de base, porém, precisou de 886 minutos a menos do que o argentino para atingir tal marca. Brenner tem 17 gols com 1.512 minutos em campo. Já Calleri terminou sua passagem com 2.398 minutos para marcar 16. A contagem não leva em consideração os acréscimos.

Compare o número dos atacantes:

Brenner:

  • Jogos: 26
  • Gols: 17
  • Média: 0,65 gol por jogo
  • Minutos em campo: 1.512

Calleri:

  • Jogos: 31
  • Gols: 16
  • Média: 0,51 gol por jogo
  • Minutos em campo: 2.398

Calleri foi o último centroavante que caiu nas graças da torcida são-paulina. Desde a sua despedida, no meio de 2016, há comoção por parte de torcedores pelo retorno do jogador, hoje no Osasuna, da Espanha. Ele foi o artilheiro do Tricolor naquele ano, mesmo atuando só por seis meses.

Os gols e a entrega do argentino renderam até uma música da torcida do São Paulo, repetidamente cantada nas arquibancadas: “Toca no Calleri que é gol”.

Calleri durante Flamengo x São Paulo, em 2016 — Foto: André Borges/Agif/Estadão Conteúdo

Calleri durante Flamengo x São Paulo, em 2016 — Foto: André Borges/Agif/Estadão Conteúdo

No período sem Calleri, o São Paulo teve centroavantes como Lucas Pratto (2017), Diego Souza (2018) e Pablo (2019), mas nenhum deles conseguiu ter prestígio e sofreram mais críticas do que elogios.

Brenner, então, vem demonstrando que pode ser o substituto para fazer com que Calleri fique somente na lembrança. No últimos 11 jogos, já são 13 gols do atacante de 20 anos. Na Copa do Brasil, o Tricolor tem sete gols: seis marcados por Brenner.

Todos eles, inclusive, foram anotados contra Rogério Ceni no comando técnico do time adversário. Quatro gols diante do Fortaleza, nas oitavas de final, e mais dois na última quarta-feira, contra o Flamengo.

Os números já colocam Brenner como o maior artilheiro por temporada dos últimos cinco anos. Desde Alexandre Pato, em 2015, ele é quem mais marcou gols em um único ano pelo São Paulo.

Últimos artilheiros do São Paulo:

  • 2020 – Brenner: 17 gols
  • 2019 – Pablo: 7 gols
  • 2018 – Diego Souza: 16 gols
  • 2017 – Lucas Pratto: 14 gols
  • 2016 – Calleri: 16 gols
  • 2015 – Alexandre Pato: 26 gols

Veja todos os gols de Brenner pelo Tricolor:

15 vídeos

O primeiro gol de Brenner foi contra o Novorizontino, no Paulista

Brenner fez de cabeça do gol da vitória sobre o Corinthians no BrasileiroBrenner também marcou contra o Fluminense, no Brasileiro

Na relação da média de gols por jogo, Brenner só não ultrapassa Luis Fabiano. Nesta temporada, o garoto tem média de 0,65 gol por partida. Já o ídolo são-paulino teve média de 0,70 em 2012, quando marcou 31 gols em 44 partidas.

Brenner é um dos jogadores mais efetivos do Brasil no quesito gols por minuto jogado. No início da temporada, o atacante iniciou como reserva, mas ganhou espaço e se tornou o principal nome do Tricolor.