Suspeito de raptar e estuprar mulher que saía de casa com o filho tem prisão preventiva decretada

0
Vídeo mostra agressor momentos antes de raptar e estuprar mulher em Votorantim — Foto: Reprodução/Câmera de segurança

Caso foi investigado pela DDM de Votorantim e corre pela Vara Criminal da cidade. Prazo de prisão temporária estava chegando ao fim.

O homem de 26 anos suspeito de raptar e estuprar uma mulher de 34 anos quando ela saía com o filho de casa no bairro Icatu, em Votorantim (SP), teve a prisão temporária convertida em preventiva nesta quinta-feira (25) pela Justiça, quase dois meses após o crime, cometido em 26 de agosto.

O caso é investigado pela Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Votorantim, que ouviu o rapaz, a vítima e o adolescente. Imagens de câmeras de segurança registraram os momentos antes do ataque, na noite de domingo.

Na época, o G1 teve acesso a um vídeo de um vizinho que mostra quando o suspeito aparece de moletom andando na via. Em seguida, aguarda no recuo de uma casa, mas sai quando a luz é acesa pelo sistema de segurança. A câmera em outro ângulo não consegue registrar a abordagem das vítimas.

A mulher contou que esperava o filho de 13 anos voltar ao veículo com as chaves quando o criminoso apareceu na janela com um facão, entrou no carro e aguardou o menino chegar para também rendê-lo.

Rapto e estupro

Mãe e filho ficaram horas no carro enquanto o rapaz dirigia por várias ruas da cidade. Segundo a vítima, ele passou por pontos de venda de drogas, usou cocaína e ingeriu bebida alcoólica.

Para não ser identificado nos locais que passava, o agressor pedia para a mulher dizer que era sua esposa enquanto o filho dela, em determinado momento, foi trancado no porta-malas. Por volta das 4h, ela foi levada para um matagal e violentada. O menino ainda estava trancado no veículo.

Como o combustível estava no fim, o carro parou próximo a um posto na Rua Campos Salles, em Sorocaba, onde a vítima conseguiu pedir ajuda. Ela foi encaminhada ao Hospital Regional de Sorocaba e medicada.

O rapaz foi reconhecido por policias dias depois do crime e teve a prisão temporária decretada. A vítima passou por exames que comprovaram o abuso. O caso corre pela Vara Criminal da cidade.

Vítima reconheceu agressor por imagens de câmeras de segurança em Votorantim — Foto: Carlos Dias/G1
Vítima reconheceu agressor por imagens de câmeras de segurança em Votorantim — Foto: Carlos Dias/G1