Setor da saúde movimenta economia de Rio Preto

0
Funcionários da área da saúde em Rio Preto; setor investe presado — Foto: Reprodução/TV TEM

Área contratou 1.655 pessoas para trabalhar no último ano em Rio Preto.

São José do Rio Preto (SP) é uma cidade de referência médica não só no estado de São Paulo, mas em todo país. Além de toda excelência em diversos procedimentos e especialidades, o setor da saúde, principalmente o privado, também contrata muito.

São profissionais de diversas áreas e, com isso muitos já notaram que podem crescer nos bastidores da área. Como é o caso da atendente de call center Carolina Fernanda de Medeiros.

Ela estava prestes a perder o emprego, quando foi chamada para trabalhar em uma clínica de diagnósticos: a segunda clínica de um grupo de médicos. A expansão criou 110 vagas de emprego.

“A minha empresa anterior ia passar por mudanças e como não posso ficar desempregada fui em busca de novas oportunidades”, afirma.

A Carolina foi uma das 1.655 pessoas contratadas para trabalhar na área da saúde em Rio Preto no último ano.

Em menos de um ano, 162 empresas de saúde do setor público e privado abriram em Rio Preto, ou expandiram, como uma clínica de diagnósticos que construiu uma segunda unidade.

“Rio Preto é um polo estratégico, com vários Estados próximos, houve uma ampliação e hoje uma unidade de 4,8 mil metros quadrados surgiu para esse atendimento”, afirma o médico radiologista Antônio Soares Souza.

Por isso, quem já trabalha na área da saúde está investindo em uma carreira. A Hellen Trama era analista de faturamento e passou para coordenadora de faturamento.

“A minha equipe já aumentou e o quadro vai aumentar ainda mais por conta da demanda, a gente sempre tem a intenção de crescer e ter um reconhecimento”, diz.

Mesmo quem já atua há décadas na cidade tem ânimo para investir em tecnologia e em algo totalmente novo. O médico João Roberto Antonio decidiu se unir a outros e abriu uma clínica recentemente. No local, 70% dos pacientes são de outros estados e até outros países.

“De cada 10 pacientes do dia a dia, dois ou três são de Rio Preto. Os outros são de outras cidades, outros Estados e até outros países que chegam até nós”, afirma.

O investimento na área da saúde em Rio Preto cresceu 26% no último ano. Neste ano o número deve aumentar e 91 empresas de saúde já abriram na cidade.

A cidade ganha clínicas, centros médicos para exames e consultas, pronto-atendimento e hospital. “Pessoas passam o dia, a noite às vezes, em Rio Preto e consomem no comércio, procurando a área central, os shoppings e toda a carreira da cidade é movimentada por esse setor”, diz o secretário de Desenvolvimento Jorge Luiz de Souza.