Sesi-Bauru vence Osasco de virada e mantém os 100% no Paulista feminino

0
Foto: Reprodução

Com boa atuação de Fabíola e Tiffany, equipe derrota o rival no Ginásio Professor José Liberatti e chega na última rodada do período de classificação ainda sem perder

O Sesi-Bauru manteve a sua invencibilidade e liderança no Campeonato Paulista. Nesta terça-feira, a equipe foi até Osasco, no Ginásio Professor José Liberatti, e venceu por 3 a 2, em duelo bastante equilibrado. As parciais foram de 25/18, 22/25, 24/26, 25/16 e 15/10. O Sesi-Bauru já estava classificado para as semifinais. E o Osasco, apesar da derrota, garantiu a vaga e agora definirá sua posição.

Na sexta-feira, o Osasco fecha sua participação na fase de classificação diante do Barueri, às 21h30, de novo no Ginásio Professor José Liberatti. Já o Sesi-Bauru joga no mesmo dia, diante do Valinhos, para manter os 100%. A partida será em Bauru, às 11h, no Ginásio do Sesi.

A partida começou equilibrada e perto da primeira paralisação estava em 7 a 6 para o Sesi-Bauru após Natasha virar bola para Osasco. Aos poucos, o Sesi abriu ainda mais e Luizomar parou a partida com o placar em 17 a 13, tentando uma reação. Não funcionou, e o Sesi abriu 1/0 em sets com 25 a 18.

O segundo set teve o mesmo equilíbrio inicial. Em bola de fundo, Mari colocou o Osasco na frente por 6 a 5 no começo. A margem de diferença seguiu em dois pontos quando Paula Pequeno atacou na entrada de rede, fazendo 12 a 10 em cima do Sesi Bauru. Na reta final do set, Claudinha conseguiu um ace. E no fim o Osasco igualou ao fechar em 25 a 22.

A moral mudou e Osasco conseguiu jogar melhor ainda no terceiro set. Mari conseguiu um ace, e do outro lado Tifanny virava bolas para o Sesi-Bauru, mas não o suficiente para evitar a virar para 2/1 com o Osasco fazendo 26 a 24. O Sesi, contudo, não se entregou. E com um grande set, conseguiu igualar a partida em 2/2 vencendo por 25 a 16 e levando para o tie-break.

No set derradeiro, o Sesi-Bauru conseguiu controlar melhor as emoções, foi mais certeiro com Fabíola distribuindo bem o jogo, e conseguiu a vitória sobre um Osasco que falhou com Mari Paraíba e Paula Pequeno, vencendo por 15 a 10 e fechando o jogo em 3 sets a 2, mantendo a invencibilidade.