Servente de pedreiro é suspeito de estuprar filho com síndrome de Down

0

Enfermeiras perceberam crime e acionaram polícia em Araçatuba.
Pai disse que cometeu os abusos por conta de ‘problemas emocionais’.

Um servente de pedreiro de 46 anos foi preso na segunda-feira (15), suspeito de abusar do filho, de 16 anos, que tem síndrome de Down, no Jardim Novo Mundo, em Araçatuba (SP). Segundo informações da polícia, duas enfermeiras que cuidavam do adolescente perceberam o crime ao dar banho nele.

De acordo com a polícia, as enfermeiras viram manchas de sangue e uma secreção branca na fralda do adolescente, assim como marcas de violência no ânus dele. Elas levaram o adolescente para o pronto-socorro, de onde acionaram a polícia.

Segundo o boletim de ocorrência, por se tratar de incapaz, a polícia foi atrás do pai do garoto, que trabalhava em uma obra dentro de um condomínio de luxo da cidade.

Ao chegar à delegacia, de acordo com o registro policial, o pai confessou que manteve relação com o filho por duas vezes, enquanto ele dormia. Durante o depoimento, o pai disse ainda que cometeu os abusos porque passava por problemas emocionais devido à morte da mulher, há dois meses, e que não fazia sexo há mais de um ano.

A vítima foi encaminhada para o Instituto Médico Legal (IML) de Araçatuba para passar por exame de corpo de delito. O servente foi preso e será levado nesta terça-feira (16) para a cadeia de Penápolis (SP), onde ficará à disposição da Justiça. O crime foi registrado como estupro de vulnerável. O garoto está sob a guarda da avó materna.

DEIXE UMA RESPOSTA