Seis bairros de Rio Preto recebem nebulização contra a dengue

0
Fumacê passa por rua de bairro em Rio Preto — Foto: Reprodução/ TV TEM

G1 Rio Preto

Bairros de São José do Rio Preto (SP) recebem nessa semana a oitava etapa da nebulização contra o mosquito Aedes aegypti. A cidade vive uma epidemia de dengue, com mais de 2,8 mil casos, e quatro mortes por causa da doença.

Nesta quinta-feira (14), o fumacê passa pela região leste de Rio Preto no bairros Parque Jaguaré, João Paulo 2º, Vila Elmaz e Bosque de Felicidade. A ação será realizada por três dias consecutivos, das 18h às 22h. Neste horário não haverá a vistoria dentro da residência, assim, os moradores não devem permitir a entrada de pessoas alegando serem agentes de saúde ou nebulizadores.

A Vigilância Ambiental orienta que durante a nebulização, os moradores deixem portas e janelas abertas, inclusive dos apartamentos, assim o inseticida alcança o interior da casa. Os animais domésticos devem ser protegidos, por isso é necessário removê-los do local ou cobrir gaiolas e aquários com panos úmidos.

A explosão de casos de dengue em Rio Preto neste início de ano foi em janeiro, quando a secretaria registrou 1.922 casos. Já em fevereiro foram confirmados outros 912 casos. Nestes dois meses foram 8 casos do tipo mais grave da dengue.

Rio Preto enfrenta desde a primeira quinzena de fevereiro uma epidemia de dengue ao confirmar, na ocasião, 1.252 casos da doença. Apesar de a epidemia estar confirmada, o próprio secretário de Saúde do município já alertava para a situação com a projeção de 20 mil casos da doença neste ano.

No dia 18 de fevereiro, o primeiro Centro de Hidratação de Rio Preto para tratar doentes com dengue começou a funcionar na Avenida Domingos Falavina, 1470, no Jardim Marajó.