Santos de Sampaoli mostra padrão defensivo para clássicos: dois zagueiros e Alison titular

0
Jorge Sampaoli — Foto: Ricardo Moreira/Fotoarena/Estadão Conteúdo

O técnico Jorge Sampaoli costuma fazer bastante mistério em seu trabalho desde que chegou ao Santos. No entanto, o treinador argentino criou um certo padrão em sua equipe quando o assunto é clássico: entrar com dois zagueiros e Alison de titular.

Para o jogo deste sábado, diante do São Paulo, às 17h (de Brasília), no Morumbi, se Sampaoli seguir com seu “modo clássico” ativado, a tendência é ver o Santos armado com uma linha de quatro defensores e Alison ajudando a compor o sistema defensivo.

A existência do “modo clássico” de Sampaoli é percebida após uma breve análise do Santos que entra em campo contra rivais e o time que joga diante de equipes consideradas mais fracas.

Dos sete clássicos oficiais que fez nesta temporada, o Santos teve dois zagueiros em seis.

A única vez em que o Peixe entrou com três zagueiros num clássico foi diante do Palmeiras, pelo Brasileirão, quando perdeu por 4 a 0.

Na ocasião, o Santos ficou exposto ao ataque palmeirense e deu muitos espaços no meio de campo ao rival. Assim, o time do técnico Felipão conseguiu neutralizar o ataque santista e penetrar em sua defesa.

Outro ponto interessante é a presença de Alison no time titular em clássicos. Mesmo sem ser titular absoluto no time de Sampaoli, o volante ficou fora de apenas um desses jogos, no empate contra o Palmeiras, por 0 a 0, no Paulistão. Na ocasião, o treinador argentino fez testes no time, como a estreia de Jean Lucas como titular.

No restante, a história foi outra. Jogando no “modo clássico”, o Santos perdeu apenas uma partida, diante do Corinthians, por 2 a 1, pela ida da semifinal do Campeonato Paulista, em Itaquera.

Felipe Aguilar é o zagueiro mais escalado do Santos em clássicos — Foto: Ivan Storti/Santos FC

Veja o retrospecto em clássicos na temporada:

  • 27/1 – Santos 2 x 0 São Paulo – Paulistão

Defesa: Luiz Felipe e Gustavo Henrique. Alison titular.

  • 23/2 – Palmeiras 0 x 0 Santos – Paulistão

Defesa: Felipe Aguilar e Gustavo Henrique. Alison reserva.

  • 10/3 – Corinthians 0 x 0 Santos – Paulistão

Defesa: Felipe Aguilar e Gustavo Henrique. Alison titular.

  • 31/3 – Corinthians 2 x 1 Santos – Paulistão

Defesa: Felipe Aguilar e Luiz Felipe. Alison titular.

  • 8/4 – Santos 1 x 0 Corinthians – Paulistão

Defesa: Felipe Aguilar e Gustavo Henrique. Alison titular

  • 18/5 – Palmeiras 4 x 0 Santos – Brasileirão

Defesa: Lucas Veríssimo, Felipe Aguilar e Gustavo Henrique. Alison titular.

  • 12/6 – Santos 1 x 0 Corinthians – Brasileirão

Defesa: Felipe Aguilar e Gustavo Henrique. Alison titular.

Fora dos clássicos, Sampaoli procura variar mais. Das últimas quatro partidas, o Santos entrou em campo com três zagueiros nas duas fora de casa – contra Bahia e Botafogo – e jogou com dois defensores na Vila Belmiro – contra Avaí e Goiás.

Portanto, neste sábado, não se sabe se o “modo clássico” pode ser novamente ativado, já que Sampaoli faz mistério. A tendência é, porém, é de que o Santos seja escalado com três zagueiros.

Uma possível escalação do Santos é a seguinte: Everson; Victor Ferraz (Alison ou Felipe Jonatan); Lucas Veríssimo, Felipe Aguilar, Gustavo Henrique e Jorge; Diego Pituca e Carlos Sánchez; Derlis González, Eduardo Sasha e Soteldo.

O Peixe é líder do Brasileirão, com 32 pontos, quatro à frente do Palmeiras, o segundo colocado.