Salários de servidores em Sorocaba são mais que o dobro da remuneração de Michel Temer

0
Prefeitura tem salários com mais de R$ 60 mil (Foto: Zaqueu Proença/Prefeitura de Sorocaba)

Pesquisa da TV TEM no portal da transparência encontrou dois médicos e procurador jurídico que ganham mais de R$ 60 mil. Salário do presidente é de R$ 30 mil.

Diante de uma crise econômica e uma série de tentativa de conter gastos no orçamento, na Prefeitura de Sorocaba (SP) existem servidores que chegam a ganhar quase R$ 70 mil, mais que o dobro do salário do presidente Michel Temer (PMDB) – com folha salarial de R$ 30.934,70, de acordo com o Portal da Transparência.

Entre o processo de contingência – no começo do ano – a carga horária dos auxiliares de educação foi reduzida de oito para seis horas de trabalho.

Algumas turmas de 33 das 89 creches tiveram o horário integral reduzido por falta de dinheiro para contratar auxiliares de educação.

No entanto, diversas entidades reclamaram ao longo do primeiro semestre de atraso de repasses. O orçamento total de 2017 da prefeitura é de R$ 2.379.725.207,67, quase R$ 900 milhões são gastos com pagamentos de salários.

Ao todo, são 9.901 funcionários entre concursados, contratados e comissionados. Uma das folhas de pagamento mais altas é a de um procurador jurídico, que ganha R$ 69 mil por mês, segundo o Portal da Transparência.

Dois médicos ganham cerca de R$ 60 mil (Foto: Reprodução/TV TEM)
Dois médicos ganham cerca de R$ 60 mil (Foto: Reprodução/TV TEM)

Outros dois médicos recebem R$ 63.379 e R$ 66.622 cada. Salário bem mais alto do que o pago para os outros 490 médicos da secretaria de saúde.

Entre os outros servidores estão: técnico esportivo R$ 27.570, fiscal de obra R$ 22.326, enfermeiro com rendimento mensal de R$ 20.820, eletricista que recebe R$ 15.648 e pintor letrista R$ 14.644.

“Isso acontece no município, no estado e na união. Se a gente observar o peso do que é gasto com pessoal nas contas de todos os entes federativos, vamos ter a mais absoluta menção de que uma parte expressiva desse valor é de salários astronômicos pagos sem a devida compensação do valor desse servidor numa logística extremamente corporativista para o que é o serviço público. Esse cidadão se aposenta integralmente com esse salário”, explica o cientista político Humberto Dantas.

Diante do levantamento feito pela TV TEM, o Gustavo Barata, secretário de Assuntos Jurídicos, afirma que o governo vai extinguir o acúmulo de gratificações, que geram os chamados supersalários.

“Essa gratificação existe desde 1991 e foi estabelecida por lei e somente poderá ser alterada por lei. Se vier acontecer, acredito que ao longo dos anos isso é uma tendência para buscar essa igualdade, mas dependerá de estudos e a participação de todos.”

O cidadão pode ter acesso aos salários públicos e saber quanto cada servidor ganha pelo Portal da Transparência. Os salários de funcionários da Câmara de vereadores também pode ser conferidos.