Salada de Gerações

0
Airton Carlini - Colunista do Jornal BOM DIA

Nunca na história da humanidade tantas gerações tão díspares e com características únicas tiveram a oportunidade de trabalhar juntas. Atualmente é possível encontrar empresas com colaboradores entre os 20 e 70 anos. Isto até já aconteceu no passado mas as gerações eram muito mais parecidas entre si. Muitas vezes era necessário décadas para que as mudanças fossem sentidas. O pensamento era muito mais linear e as diferenças demoravam a aparecer. Hoje em dia, as diferenças são quase imediatas.

A pergunta que fica é: Isto é bom ou ruim?

Isto é ótimo.

Vamos lá.

A diversidade de opiniões, conhecimentos e experiências é o que há de melhor para o crescimento e desenvolvimento das organizações e principalmente na busca pela inovação.

Juntar pessoas de 20 com outras de 60/70, mesclando com profissionais jovens e maduros na casa dos 40/50 é tudo de bom. Ninguém tem a menor dúvida de que os profissionais de 20/30 possuem habilidades voltadas à tecnologia impressionantes e que não serão acompanhadas pelos mais experientes. Por outro lado o conhecimento adquirido pela vida, é inestimável e pessoas mais maduras já passaram por momentos que só a idade lhes permitiu passar.

Os do meio do caminho conseguem entender melhor as aspirações dos mais jovens e ainda tem energia suficiente, bem como maturidade para confrontar os experientes. Esta mescla é sensacional.

A grande questão é como fazer isto. Ai é que entra a importância de um ótimo gestor de pessoas. Presidentes, CEOS e diretores gerais de empresas, de um modo geral,  sempre se preocuparam ao longo dos anos com as questões técnicas, vendas, desenvolvimento de produtos, planejamento estratégico, permitindo que a gestão de pessoas ficasse “relegada ” a uma segundo plano, sendo quase que uma responsabilidade exclusiva dos gestores de RH. Este tempo acabou. Hoje RH e direção geral tem que trabalhar de forma muito próxima o tempo todo. Se o gestores principais não se preocuparem diretamente com a gestão de pessoas, esquece. Eles e as empresas que representam estão MORTAS.

Afirmo categoricamente sem medo de errar. Quanto mais o Mundo avança, mais as pessoas irão fazer toda a diferença. E quanto mais juntarmos pessoas,  experiências e conhecimentos diferentes, melhor será o resultado.

Este é o segredo. Saber extrair de cada geração o que ela pode lhe dar de melhor. Criar condições diferentes para pessoas diferentes poderem ser mais produtivas. Trocar experiências criando mentorias internas entre os diversos perfis. Profissionais experientes podem e devem ser mentores de jovens em vários aspectos assim como jovens podem e devem ser mentores de profissionais mais experientes. Permita que eles troquem ideias. Crie grupos de trabalho com equipes com idades mistas. Os resultados vão te surpreender. Acredite nas trocas de informações. De responsabilidades a todos. Faça com que encontrem pontos em comum. Todos tem algo a ensinar e muito a aprender.

Se você tiver vários ingredientes diferentes, pode ter certeza. A salada vai ser bem melhor e todos vão querer repetir. Pense nisto. Faça isto na sua empresa e depois me conta o resultado. Aposto que vai ser bom.