Rio Preto vacina 37 mil pessoas contra a febre amarela neste ano

0
Homem toma vacina em frente ao local de trabalho em Rio Preto (Foto: Reprodução/ TV TEM)

Secretaria diz que já foram achados 24 macacos mortos neste ano.
Dois macacos mortos tinham a doença, segundo exames.

A febre amarela vem preocupando os moradores do noroeste paulista e na principal cidade da região, São José do Rio Preto (SP), a situação não é diferente. Só neste ano, 37 mil pessoas.

Mesmo com a procura em alta, a Secretaria de Saúde diz que o estoque de vacinas nas 27 unidades de saúde do município está à altura da demanda. “Já conseguimos vacinar 91% da população. Agora, nosso empenho é para localizar ou motivar os 9% que faltam”, afirmou o secretário de Saúde Eleuses Paiva.

A Secretaria de Saúde afirma que já foram encontrados neste ano 24 macacos mortos, sendo apenas um com laudo confirmado de morte por febre amarela.  Além deste, um macaco morto pela doença também foi encontrado em Rio Preto no ano passado. Dos 24 macacos, 15 ainda aguardam laudos definitivos. O restante foi descartado em relação à doença.

Para evitar a doença, a Secretaria de Saúde afirma que vem atuando como se qualquer macaco encontrado morto tivesse a doença. “Não vamos esperar resultados, vamos fazer a prevenção já, mesmo que depois o laudo mostre que não havia a doença”, diz o secretário.

Doença
A febre amarela é uma doença grave, que pode matar, por isso a importância da vacinação para quem ainda não tomou a vacina ou está com a dose em atraso. Rio Preto tem a vacina disponível em qualquer uma das 27 unidades de saúde do município.

A vacina, no entanto, não é recomendada para mulheres grávidas, mulheres que estejam amamentando criança com menos de 6 meses de vida, pessoas com doenças ou em tratamento que prejudique a resposta imunológica (HIV/AIDS, quimioterapia, etc) e pessoas com alergia grave ao ovo ou a algum componente da vacina.

DEIXE UMA RESPOSTA