RIO PRETO – EDINHO ENTRA NA CONVENÇÃO ADMINISTRANDO EGOS DE ALIADOS E VEREADORES BONS DE VOTO

0

Por Luiz Storino

O  PMDB  realiza neste sábado, na Câmara Municipal de São José do Rio Preto  sua convenção que deve  confirmar  a candidatura de Edinho Araújo a prefeito de São José do Rio Preto. O deputado federal  vem reunindo um bloco de partidos, que a princípio tem os apoios do PSD, PTN, PV, PPS, PROS, PMB E PRB. Outro partido que também prometeu embarcar na candidatura de Edinho é o PTB.  Em Rio Preto o partido do “cacique” deputado Campos Machado é comandado  pelo vereador Jorge Menezes.

A partir da convenção, Edinho vai ter que administrar dois problemas, encaixar vereadores com poder de votos nas coligações e escolher um candidato a vice. Vereador puxador de voto é banido pelos candidatos de alguns partidos  porque não querem ser colonos. O vereador Paulo Paulera do PP embarcou na nau de Edinho, mas já promete rever sua festa antecipada, pois corre o risco de não conseguir encaixar seu grupo de três candidatos em alguma chapa. Sem colonos, Paulera e companhia LTDA  podem ficar longe do coeficiente eleitoral que deve girar em torno de 15 mil votos este ano.  Nesta quarta-feira foi visto na convenção do PR ao lado de Valdomiro.

Por este dissabor passou o candidato e ex- vereador Pedro Roberto, na época do PSOL,  que somou uma boa quantidade de votos, mas não levou, o restante da chapa teve pouco votos. Agora Pedro no PRP  pode encontrar as mesmas dificuldades depois que a candidatura de Manoel Antunes foi abortada.  O voto de legenda para quem tem um candidato a prefeito sempre faz falta ainda pelos lados do deputado Edinho Araújo, além dos vereadores existe uma boa quantidade de  candidatos querendo a vice prefeitura. Nos dois mandatos que cumpriu, o ex -prefeito preferiu mulheres, mas agora aparecem  candidatos homens que estão de olho no cargo, que em caso de vitória é um atalho importante para 2020, já que o Senado pode aprovar o fim da  reeleição para cargos majoritários.  Assim, Eleuses Paiva do PSD  e Olavo Tarraf do PV estão de olho nesta estratégia. No próprio PV tem outro empresário, Mauricio Bellodi que já foi candidato a prefeito e somou 12 mil votos.  Mas eles terão que disputar a preferência com o PPS, PRB e o próprio PV que tem no páreo  representantes femininas.

Para quem um currículo invejável que começou em Santa Fé do Sul como prefeito, passando por deputado estadual, deputado federal, prefeito de Rio Preto por duas vezes, além de ministro de Dilma Rousseff, Edinho não deve ter problemas para resolver o impasse. Aos 47 minutos do segundo tempo ele decide e ninguém discute. Atualmente o prefeito, segundo pesquisas, tem ampla vantagem na preferência dos eleitores, em comparação aos principais concorrentes. As barreiras jurídicas vão sendo derrubadas, como a não inclusão na ficha suja pelo TCE de São Paulo, do nome dele, mas que ainda é ameaçado por uma ação no STJ.

Com uma sorte de dar inveja ao Gastão, personagem sortudo de Walt Disney, Edinho Araújo conseguiu passar sem arranhões pelo ministério dos Portos, mesmo estando ao lado do PT, pois seu fiel parceiro Michel Temer acabou na presidência da República. Resta saber se a aprovação do Edinho que é alta, também é acompanhada por uma rejeição, que inevitavelmente   acaba  seguindo  a vida de um político com tantos anos de estrada.

DEIXE UMA RESPOSTA