Reclamação

0
Henrique deu entrevista no Corinthians — Foto: Marcelo Braga

Henrique diz que Corinthians foi prejudicado em 11 pontos no Brasileirão

O elenco do Corinthians coloca na conta da arbitragem a atual colocação da equipe no Campeonato Brasileiro.

Entrevistado do dia no CT Joaquim Grava, o zagueiro Henrique disse que a equipe deixou de somar 11 pontos na competição por conta de erros, como o do empate por 1 a 1 contra o São Paulo, no último sábado, quando Danilo teve um gol não validado em Itaquera.

– Estamos buscando erro zero, mas tem muitas coisas que aconteceram que não dependeu da gente o resultado, não são só três pontos, são uns 11 pontos que acabaram escapando. Estamos tentando fazer a nossa parte – reclamou o jogador.

Henrique não listou na entrevista, mas o Corinthians julga que foi prejudicado em seis jogos no Campeonato Brasileiro. O Timão diz que poderia ter somado mais pontos contra Ceará (empate por 1 a 1), Internacional (empate por 1 a 1), América-MG (empate por 0 a 0), Vitória (empate por 2 a 2), Botafogo (derrota por 1 a 0) e São Paulo (empate por 1 a 1)

Algumas das reclamações, inclusive, tiveram o reconhecimento da CBF.

– Foram jogos em que a gente podia ter somado três pontos, empatado, tem coisas que acontecem que afetam a gente. Poderíamos estar buscando a parte de cima da tabela – disse Henrique.

Na 13ª posição com 40 pontos, o Timão está a apenas três de distância da zona de rebaixamento. Na próxima quarta, visita o Cruzeiro, às 21h45 (de Brasília), no Mineirão.

– São cinco finais, ainda temos condições de subir na tabela – garantiu.

Lances que o Corinthians reclama da arbitragem:

Pênalti não marcado sobre Pedrinho contra o Ceará, em Itaquera. Jogo acabou 1 a 1 (rodada 4).

Gol de Leandro Damião, em Itaquera, impedido. Empate por 1 a 1 com o Inter (rodada 26);

Pênalti não marcado em Gabriel contra o América-MG. Jogo acabou 0 a 0 (rodada 27);

Falta inexistente que gerou o gol de empate do Vitória. Jogo acabou 2 a 2 (rodada 30);

Pênalti não marcado em Roger contra o Botafogo. Derrota por 1 a 0 (rodada 32);

Gol de Danilo contra o São Paulo não validado pela arbitragem. Jogo foi 1 a 1 (rodada 33).