Projeto para reduzir número de cadeiras na Câmara de Araçatuba é rejeitado

0
Câmara de Araçatuba rejeitou proposta para diminuir número de vereadores — Foto: Reprodução/TV TEM

Além de reduzir o número de vereadores, o projeto diminuiria também o número de assessores parlamentares.

Vereadores de Araçatuba (SP) votaram e rejeitaram na noite desta segunda-feira (17) o projeto que pretendia reduzir o número de cadeiras na Câmara, de 15 para 12. A proposta tinha o objetivo de trazer uma economia de mais de R$ 1 milhão por ano para a Câmara.

Além de reduzir o número de vereadores, o projeto diminuiria também o número de assessores parlamentares. Mas a proposta foi rejeitada porque apenas cinco vereadores votaram pela redução nas cadeiras. Para mudança seriam necessários dez votos.

A proposta foi apresentada pelo vereador professor Cláudio (PMN). Vereadores contrários ao projeto não concordaram com a justificativa de economia, já que o orçamento que a Câmara recebe não seria alterado.

Homenagem

Já o projeto que dá ao Calçadão de Araçatuba o nome do sargento Júlio César Delfino, que morreu durante o combate a um incêndio numa loja de produtos importados há dois meses, foi votado e aprovado por unanimidade.

O incêndio foi no dia 12 de abril e também deixou um bombeiro ferido. Ele ficou internado em um hospital especializado de queimados em Bauru (SP) por quase dois meses.