Projeto Música e Bem Estar é realizado nas unidades de Centro Dia de Idosos em Marília

0
Música e dança são atrações de projeto desenvolvido com os idosos do Centro Dia de Marília. (foto: divulgação PMM)

A Prefeitura de Marília, por meio da Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social (Sads), desenvolve o projeto “Música e Bem Estar”, do professor Luis Antônio Vieira, nas unidades de Centro Dia de Idosos.

Para o professor, as atividades musicais estimulam a comunicação entre as pessoas, aumentando a autoestima e a autoexpressão, o que faz favorecer a reflexão, o surgimento de recordações, de novas sensações e emoções que muitas vezes não podem ser expressas por meio da linguagem verbal.

“É um recurso de grande importância na atenção para os idosos, pois estimula o prazer do convívio social, influencia nas mudanças comportamentais trazendo paz, tranquilidade e confiança”, disse Luis Antonio Vieira.

De acordo com a médica psiquiátrica Silvana de Lima Dal Bem, “a inserção da música como atividade neuropsicológica e motora permite que a mesma acesse e movimente diversas funções cerebrais, podendo ser considerada também como um caminho capaz de estabelecer contato com a memória, evocar lembranças, resgatar e reconstruir histórias individuais e ou grupais”.

A médica enfatiza ainda que a música é uma terapêutica complementar valiosa, que exerce influência neurocognitivos, emocionais, psíquicos e sociais dos idosos, desempenhando papel importante na melhoria de vida.

Maria Francisca Gonçalves, de 77 anos, do Centro Dia Anos Dourados, falou sobre o projeto. “O que me deixa mais feliz aqui é quando o professor Luis chega e abre a sanfona, e começa a cantar… Isso me faz lembrar os antigamente, da minha juventude, até me esqueço das dores que às vezes eu tenho.