Projeto garante a visita de pets a pacientes internados no HC de Marília

0
A paciente Talma Hibari Bonidi durante a visita de Tiger, seu cão de estimação: — Foto: HC Famema/Divulgação

Iniciativa desenvolvida pelo setor de psicologia da unidade permitiu que mulher em tratamento no setor de neurocirurgia recebesse a visita de Tiger, seu cão de estimação. Especialistas relatam melhora no quadro clínico.

Um projeto desenvolvido pelo setor de Psicologia Hospitalar do Hospital das Clínicas (HC) de Marília (SP) vem proporcionando a pacientes internados na unidade a possibilidade de “aliviarem seu sofrimento” com visitas de seus animais de estimação.

O caso mais recente aconteceu na última segunda-feira (14), quando a paciente Talma Hibari Bonidi, internada há cerca de 20 dias para tratamento junto à especialidade de neurocirurgia, pediu e conseguiu receber a visita de Tiger, seu cão de estimação de 7 anos.

O pedido de Talma, que também é funcionária do HC, só foi possível graças ao projeto “Fortalecendo Afetos”, desenvolvido pela psicóloga Noemi Peres Honorato, responsável pelo setor de Psicologia do HC.

“Foi emocionante e comovente o encontro entre Talma e Tiger [veja no vídeo abaixo], um momento de felicidade em que fortalecemos a relação afetiva e conseguimos minimizar o sofrimento causado pela distância física entre paciente e seu pet”, relatou a psicóloga.

Pelo projeto, que conta com apoio do Centro de Controle de Infecção Hospitalar do HC, os familiares do paciente são orientados e ficam responsáveis pela preparação do animal, que passa por atendimento veterinário para banhos e tosas higiênicas, além de verificação de todas as vacinas.
Segundo Noemi, a visita dos pets tem a capacidade fortalecer emocionalmente e amenizar o sofrimento de pacientes que estão expostos a situações extremamente estressantes durante uma internação.
“A pessoa internada que está fragilizada, física e emocionalmente, pode se beneficiar desse encontro, reduzindo os níveis de ansiedade e amenizando os sentimentos relativos ao adoecimento e ao distanciamento do ambiente familiar”, explica Noemi Honorato.
A psicóloga Noemi Peres Honorato (à esq.) explica que visita dos pets garante benefícios clínicos aos pacientes: "Ameniza o sofrimento" — Foto: HC Famema/Divulgação
A PSICÓLOGA NOEMI PERES HONORATO (À ESQ.) EXPLICA QUE VISITA DOS PETS GARANTE BENEFÍCIOS CLÍNICOS AOS PACIENTES: “AMENIZA O SOFRIMENTO” — FOTO: HC FAMEMA/DIVULGAÇÃO

A psicóloga e médicos do HC relatam que a visita dos pets traz aos pacientes benefícios clínicos, e não apenas psicológicos. Isso porque o estresse causado por sentimentos como o medo atinge o sistema fisiológico.

Noemi explica que a demanda pela visita dos pets surge durante os atendimentos psicológicos dos pacientes, momento em que eles revelam esse desejo.

O pedido para visita de cães e gatos é o mais comum, mas a psicóloga relata que já houve no HC pedido de visitas para outros animais, como roedores (hamsters) e pássaros (calopsitas).