Preso por atirar em casal de policiais durante roubo aponta outros suspeitos

0
Ladrões invadiram casa de policiais militares de Araçatuba (SP) (Foto: Reprodução/TV TEM)

Segundo a polícia de Araçatuba, homem, que continua preso, confessou o crime informou sobre outros envolvidos. Tenente aposentado continua internado.

A Polícia Civil informou que quatro dos cinco homens presos por suspeita de tentar roubar a residência de um casal de policiais militares e atirar contra eles, em Araçatuba (SP), não tinham envolvimento com o crime.

Três foram soltos e um continua preso porque foi detido com drogas durante a investigação policial. O quinto suspeito que ficou preso confessou participação no crime e denunciou outras três pessoas.

O crime aconteceu na noite de 6 de fevereiro. O casal policial colocava o filho para dormir quando homens armados invadiram a casa e anunciaram o assalto.

Ao descobrir que eles eram policiais, atiraram. A mulher, uma sargento, já recebeu alta e o marido, tenente aposentado, continua internado.

De acordo com informações da polícia, o outro suspeito que continua preso denunciou o nome de mais dois homens e um adolescente que teriam participado da tentativa de roubo.

Os novos suspeitos tiveram a prisão temporária decretada, mas a Justiça e a polícia não confirmaram se eles foram presos e se o menor está sob custódia.

O crime

Segundo o boletim de ocorrência, homens armados invadiram a casa dos policiais enquanto eles colocavam o filho para dormir.

Uma dupla rendeu as vítimas, revirou os cômodos em busca de dinheiro e, durante a procura, descobriu que o casal é policial.

Segundo as vítimas disseram para a polícia, um dos criminosos teria apontado a arma para a cabeça da mulher – uma sargento de 44 anos – e atirou três vezes, mas o revólver falhou. Ela acabou levando um tiro na perna, ficou internada mas já recebeu alta.

O marido dela, um tenente aposentado de 50 anos, reagiu e foi para cima da dupla. Durante a luta corporal, ele foi atingido com dois tiros, um no rosto e outro no pescoço. Ele foi internado e permanece em observação, mas passa bem.

Veja mais notícias da região no Grupo Bom Dia