Prefeito se reúne com Ministro da Saúde para discutir casos de meningite e outras demandas

0
Foto: Divulgação

O prefeito Fernando Cunha esteve nessa quarta-feira (05), em Brasília, para participar de uma reunião com o ministro da Saúde, Gilberto Occhi. A audiência foi intermediada e acompanhada pelo deputado federal Fausto Pinato (PP), com a intenção de auxiliar o município na solicitação de demandas da Saúde.

Durante o encontro, o prefeito discutiu com o ministro diversas pautas sobre a área, que é uma das mais importantes e delicadas da administração pública.

Entre os assuntos abordados, estiveram em discussão os casos de meningite registrados na cidade. O prefeito relatou os dados confirmados e as duas mortes suspeitas, solicitando apoio do Governo Federal nas ações de prevenção. Sobre o assunto, o ministro garantiu esforços federais voltados para o interior de São Paulo, recomendando que a Secretaria Nacional de Vigilância Epidemiológica passe a monitorar as notificações e combater o surgimento de novos casos.

Mesmo não caracterizando surto, uma vez que os casos não apresentam vínculo epidemiológico, a medida de avaliação e intervenção se faz necessária devido ao alerta da doença não só em Olímpia, mas também em outras cidades da região como Mirassol, Urupês, Rio Preto, Mirandópolis, Cajobi, Votuporanga, Araçatuba e Fernandópolis, possibilitando assim um controle mais amplo da doença.

Aproveitando a oportunidade, o prefeito entregou ainda ofícios solicitando gestão junto aos órgãos competentes para a liberação de recursos e de novos equipamentos para o município.

Assim, foram entregues pedidos de implantação de uma Academia da Saúde para estruturar as práticas integrativas de saúde da cidade; gestão junto ao departamento de Média e Alta Complexidade, Serviço de Atenção Domiciliar, para o credenciamento do Programa Melhor em Casa, cujo objetivo é estruturar o modelo assistencial dos cuidados aos pacientes com necessidades de tratamento domiciliar; e liberação de incentivo financeiro para implantação de uma unidade do Centro de Atenção Psicossocial (CAPS), que presta serviços de saúde e acolhimento às pessoas com necessidades relacionadas a transtornos mentais e pessoas com quadro de uso nocivo e dependência de substâncias psicoativas, como álcool e outras drogas.

Também foi solicitada a habilitação do Núcleo Ampliado de Saúde da Família – NASF AB, que são equipes multiprofissionais que atuam de forma integrada às esquipes de Saúde da Família.

Além dos pedidos para a rede municipal, o prefeito interviu ainda pela Santa Casa de Misericórdia de Olímpia, relatando impasses em relação à reclassificação da UTI do hospital para Adulto Tipo II, que implicaria em um aumento significativo de repasse de recursos.

Todas as solicitações já haviam sido cadastradas e direcionadas pelo município aos departamentos competentes, sendo que algumas já foram até aprovadas e aguardam apenas liberação para o andamento.

Diante do exposto, o ministro se comprometeu a auxiliar na gestão dos pedidos para beneficiar o município.

“Foi uma oportunidade muito produtiva de poder me reunir pessoalmente com o ministro da Saúde. Agradeço pelo intermédio do deputado Fausto Pinato, que possibilitou essa audiência. No encontro, debatemos assuntos importantes para a Saúde e pude levar até ele a realidade que está afligindo nossa população, que são os casos de meningite, e assim, buscar orientações e conseguir uma atenção maior para nossa região. Também já garantimos o empenho dele em nos ajudar a conquistar novos equipamentos e serviços para melhorar a saúde e a qualidade de vida dos moradores”, ressaltou o prefeito Fernando Cunha.