Prefeito cassado retorna ao cargo em Catanduva

0

O prefeito cassado Afonso Macchione Neto (PSB) retornou ao cargo de chefe do Executivo de Catanduva (SP) na manhã desta terça-feira (17). A decisão foi tomada após o Tribunal de Justiçadeterminar na quinta-feira (17) que ele fosse reconduzido ao cargo.

Não houve nenhuma solenidade, mas uma reunião foi realizada com os secretários e diretores da atual gestão. Entre os assuntos discutidos está a dívida de R$ 24 milhões do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS).

De acordo com Afonso Macchione, algumas medidas serão tomadas para contornar a situação e quitar o valor.

“Vou me reunir com nosso grupo de trabalho para discutir os problemas que existem. Sei das dificuldades financeiras. Provavelmente, medidas amargas serão tomadas, porque estamos no último ano e temos que fechá-lo de uma forma que não reste saldo negativo para o próximo”, afirma Afonso.

Prefeito cassado

Afonso foi cassado pela Câmara dos Vereadores, em maio de 2019, após a Comissão Processante entender que ele havia cometido infração político-administrativa ao determinar, por meio de decreto, o uso de veículos escolares para o transporte coletivo no final do ano passado e início de 2019.

Na época, o município ficou sem empresa concessionária para assumir o serviço dos ônibus circulares. De forma emergencial, motoristas e veículos do transporte escolar foram para ruas sem realizar a cobrança de tarifa para os passageiros.