Policial aposentado é preso por receptação em Rio Preto

0
Negociação era feita em posto de combustíveis em Rio Preto (Foto: Arquivo Pessoal )

Segundo a polícia, ele tentava comprar um carro que tinha sido furtado em Diadema. Ele pagou fiança de R$ 3 mil e vai responder ao crime em liberdade.

Um policial militar aposentado de 56 anos foi preso com outras três pessoas por receptação, na madrugada desta segunda-feira (22), no Jardim Yolanda, em São José do Rio Preto (SP).

Segundo informações do boletim de ocorrência, o policial e a mulher dele negociavam um carro com dois homens no estacionamento de um posto de combustível durante a madrugada. Após uma denúncia anônima, policiais foram até o local e, o horário da negociação despertou a desconfiança dos policiais, que interrogaram os dois vendedores.

Eles disseram à polícia que venderiam o carro por R$ 22 mil, o que reforçou a tese da polícia de que havia algo errado, já que o carro é um modelo avaliado em mais de R$ 50 mil. Ao checar a documentação, os policiais constataram que o veículo tinha sido roubado em Diadema (SP). O chassi estava raspado e as placas adulteradas.

O delegado que registrou a ocorrência, Eder Galavoti, confirmou a receptação. “Um dos envolvidos é um policial militar da cidade aposentado e todos foram autuados em fagrante pelo crime de receptação. Nos depoimentos colhidos ficou claro que existia negociação e que os três tinham conhecimento que o carro era produto ilícito e a quantia paga é bastante inferior ao valor de mercado”, afirma.

O policial aposentado pagou fiança de R$ 3 mil e vai responder ao inquérito em liberdade. Ele disse à polícia que pagou R$ 11 mil como parte do pagamento e não sabia que se tratava de veículo roubado. O dinheiro estava com os suspeitos e foi apreendido. Os dois homens, que vendiam o carro, foram presos. Para eles não teve fiança porque também vão responder pelos crime de adulteração e associação criminosa.