Polícia investiga suspeita de abuso sexual a criança de 4 anos em Rio Preto

0

Menina está em processo de adoção e passou quatro dias na casa da família que pretendia adotá-la junto com duas irmãs. Justiça da Vara da Infância e Juventude pediu para processo ser suspenso.

Uma menina de 4 anos foi internada no Hospital da Criança em São José do Rio Preto (SP) com suspeita de ter sofrido abuso sexual. A criança está em um processo de adoção junto com duas irmãs biológicas, e foi a mãe social, responsável por elas, que procurou a polícia.

A Delegacia de Defesa da Mulher e a Vara da infância e Juventude vão investigar o caso. Um boletim de ocorrência como estupro de vulnerável e maus-tratos foi registrado na delegacia.

A criança passou a noite internada no Hospital da Criança e foi liberada na manhã desta quinta-feira (12). Uma médica relatou que há suspeita de abuso sexual e um médico legista foi chamado para fazer exames, que vão apontar se houve ou não o abuso.

De acordo com a polícia, no dia 6 de julho a menina foi fazer uma visita de aproximação com a família que pretende adotá-la. Ela ficaria com eles até o dia 11, mas no dia 9 a mãe social foi informada que a criança estaria apresentando ferimentos e sangramento.

Ao entregar a criança no lar social, a família disse que as irmãs podem ter agredido a menina. As crianças, de 6 e 8 anos, também participaram da visita de aproximação. As irmãs contaram que foram agredidas fisicamente pelo homem que pretendia fazer a adoção.

A Justiça da Infância e Juventude pediu para o Ministério Público entrar no caso e que o processo de adoção seja suspenso, além de as crianças voltarem para a casa social até que tudo seja apurado.