Polícia identifica suspeitos de assalto a joalheria que terminou em tiroteio e morte de jovem

0
Fotos divulgadas pela DIG mostram suspeitos de participar do assalto a uma joalheria em Rio Preto. Na primeira fileira estão Rosinaldo Vieira dos Santos, de 24 anos, e Roberto Pereira Junior, de 30 anos; na segunda fileira está Anderson Daniel de Oliveira, de 22 anos, que aparece apontando uma arma para guardas municipais em imagens registradas por câmeras de segurança (Foto: Divulgação/DIG e Reprodução)

Polícia pediu a prisão preventiva dos criminosos. Um deles já foi preso. Jovem morreu atingido por bala perdida durante troca de tiros.

A Polícia Civil identificou quatro dos cinco suspeitos de participarem do assalto a uma joalheria de São José do Rio Preto (SP), que terminou em tiroteio e na morte de um jovem de 17 anos atingido por uma bala perdida. Todos os suspeitos tiveram a prisão preventiva decretada pela Justiça. Um deles já foi preso em Santos, segundo a polícia.

O delegado Fernando Tedde, da DIG (Delegacia de Investigações Gerais), deu uma entrevista coletiva no fim da manhã desta quinta-feira (20) e falou sobre os avanços nas investigações. Os criminosos identificados são, segundo a polícia: Anderson Daniel de Oliveira, Rosinaldo Vieira dos Santos e Roberto Ferreira Júnior. O quarto identificado não teve o nome divulgado.

“Horas depois do ocorrido as investigações já tinham identificado veículo da fuga e no sábado identificamos o Rosinaldo com autor do disparo. Com isso, nossas equipes foram para São Paulo e litoral para identificar os demais envolvidos”, afirma o delegado.

De acordo com Tedde, a identificação dos outros suspeitos aconteceu na quarta-feira (19). A polícia não vai revelar quem da quadrilha foi preso para não atrapalhar o restante das investigações. “A partir da prisão dele nós vamos avançar mais nas investigações e todo o trabalho está sendo feito para prendê-los o mais rápido possível”, afirma.

Fotos divulgadas pela DIG mostram suspeitos de participar do assalto a uma joalheria em Rio Preto. Na primeira fileira estão Rosinaldo Vieira dos Santos, de 24 anos, e Roberto Pereira Junior, de 30 anos; na segunda fileira está Anderson Daniel de Oliveira, de 22 anos, que aparece apontando uma arma para guardas municipais em imagens registradas por câmeras de segurança (Foto: Divulgação/DIG e Reprodução)
Fotos divulgadas pela DIG mostram suspeitos de participar do assalto a uma joalheria em Rio Preto. Na primeira fileira estão Rosinaldo Vieira dos Santos, de 24 anos, e Roberto Pereira Junior, de 30 anos; na segunda fileira está Anderson Daniel de Oliveira, de 22 anos, que aparece apontando uma arma para guardas municipais em imagens registradas por câmeras de segurança (Foto: Divulgação/DIG e Reprodução)

Caso

Câmeras de segurança registraram a ação dos criminosos, que também deixou dois guardas municipais feridos. Nas imagens é possível ver o momento em que um carro estaciona em frente a loja que foi assaltada. Três ladrões descem, o carro faz o retorno e estaciona do outro lado da rua.

Dentro da joalheria, os assaltantes rendem as funcionárias e pegam joias, semijoias e relógios. Ao saber do assalto, dois guardas municipais se aproximam, descem da bicicleta e, neste momento, um dos criminosos que estava no carro desce, atravessa a rua e atira contra os dois.

De acordo com a polícia, são pelo menos cinco suspeitos, três que estavam dentro da joalheria e dois que os esperavam em um carro do lado de fora. A polícia diz que foi um destes dois que começou os disparos.

Durante a tarde de sábado, dois homens foram detidos suspeitos de cometerem o crime, prestaram depoimento, negaram a participação no crime e foram liberados.

Tiroteio após tentativa de assalto a joalheria deixa um morto e guardas feridos no Centro
Tiroteio após tentativa de assalto a joalheria deixa um morto e guardas feridos no Centro
Tiroteio Rio preto (Foto: Reprodução)
Tiroteio Rio preto (Foto: Reprodução)