Polícia faz reconstituição de morte de estudante baleado por PM em churrasco

0

Suspeito e vítima eram amigos de infância. Crime ocorreu em julho em Araçatuba (SP).

A polícia de Araçatuba (SP) faz nesta quinta-feira (31) a reconstituição da morte do estudante Diogo Belentani, que foi baleado por um policial militar, durante um churrasco. Os dois eram amigos de infância.

Vinícius Oliveira Coradim Alcântara, policial suspeito de atirar, está preso no presídio militar Romão Gomes, em São Paulo, e vai participar da reconstituição.

Além dele, também estarão o promotor do caso, duas testemunhas do dia do crime, o delegado que investiga o crime e peritos. A reconstituição deve durar uma hora e meia e será feita na casa onde aconteceu o crime.

O Ministério Público acredita que há indícios de que o disparo tenha sido intencional e que é possível que as testemunhas ainda não tenham esclarecido completamente o que presenciaram.

O advogado do policial militar disse que será provado que foi acidente e que não houve intimidação de testemunhas.

Entenda o caso

Os dois participavam de um churrasco em uma chácara de Araçatuba, no dia 15 de julho, quando a pistola do policial disparou e atingiu o peito do estudante, que morreu a caminho do hospital.

No dia do crime o policial – que atuava na região de Botucatu – foi preso, mas, liberado depois de pagar fiança de R$ 1,5 mil.

De acordo com informações da polícia, o disparo tinha sido acidental e o policial respondia ao crime de homicídio culposo, sem intenção de matar.

A polícia, no entanto, descobriu que as testemunhas mentiram nos primeiros depoimentos e revelaram que era o policial quem segurava a arma no momento do disparo e não a vítima.

A polícia também apurou que houve mudança na cena do crime. Em nota, a Secretaria de Segurança Pública do Estado (SSP) lamentou a morte do jovem.

O corpo de Diogo Belentani foi cremado no final da tarde do dia 16 de julho, em cerimônia restrita aos familiares.

Diogo Belentani foi atingido no peito e morreu antes de chegar ao pronto-socorro em Araçatuba (Foto: Reprodução/Facebook)
Diogo Belentani foi atingido no peito e morreu antes de chegar ao pronto-socorro em Araçatuba (Foto: Reprodução/Facebook)