Polícia Civil prende suspeito procurado por integrar quadrilha em Rio Preto

0
Suspeito procurado por mais de 1 ano é preso por integrar quadrilha de tráfico de drogas em Rio Preto. Foto: Polícia Civil

Investigadores da (DIG-DISE) de Rio Preto realizaram nesta quinta-feira, (14), a prisão de um importante traficante que agia em São José do Rio Preto. Isso é resultado de uma extensa investigação contra o crime organizado.

No caso uma quadrilha de narcotraficantes estava agindo em nossa cidade no transporte, armazenamento, preparo e distribuição de drogas.

As investigações começaram em outubro de 2017. A investigação foi de encontro com uma ação da Polícia Rodoviária Federal de Rio Preto, que em 27 de outubro de 2017 fazia abordagens de rotina no pedágio de Onda Verde, quando deram ordem de parada a um Renault Sandero, que fugiu dos policiais e abandonaram o carro numa mata próxima, tomando rumo ignorado a pé. No carro havia 247 tijolos de maconha.

A DIG/DISE imediatamente entrou em contato com os federais, e informaram que tinham conhecimento que os fugitivos estavam às margens da BR-153, esperando outros membros da quadrilha para resgatá-los.

A PRF viu às margens da rodovia um indivíduo de 24 anos que foi abordado e confessou que estava no carro que transportava a maconha. Ele foi preso em flagrante. Posteriormente, os federais viram uma camionete Hillux em um posto de combustíveis e desconfiaram que ela seria o meio para resgatar o fugitivo. Deram ordem de parada e o veículo também saiu em disparada, sendo abandonada em seguida.

Os policiais localizaram no carro pertences dos traficantes que estavam associados à apreensão de maconha. Antes, foram feitos acompanhamentos, fotografias, campanas e seguindo cada passo dos suspeitos, os policiais identificaram outros cinco membros do bando.

O delegado que preside as investigações representou à Justiça pela prisão temporária deles, o que foi concedido e policias da DIG/DISE responsáveis pela investigação foram a campo e prenderam quatro deles, sendo uma prisão preventiva e três temporárias.
Um homem que liderava o grupo continuava foragido e nessa data o traficante conhecido como “químico” foi preso. Investigadores que tinham conhecimento das investigações acima narradas investigaram o paradeiro do foragido e nessa data após buscas em área de mata na Estância São Manoel após perseguição lograram êxito na importante prisão do traficante E.A.P, 47 anos, conhecido como “o químico “.

Por: Harley PACOLA