Polícia Ambiental aplica mais de R$ 240 mil em multas durante a piracema

0
Policiais fazem fiscalização no último dia da piracema na região de Rio Preto — Foto: Reprodução/TV TEM

G1 Rio Preto/Araçatuba

A Polícia Ambiental aplicou na região de São José do Rio Preto (SP) R$ 242 mil em multas durante a piracema 2018/2019. Além disso, foram mais de duas toneladas de peixes e 16 embarcações apreendidas no período.

A restrição à pesca por causa da piracema começou no dia 1º de novembro e terminou nesta quinta-feira (28).

A piracema é o período de reprodução dos peixes. Quando eles se deslocam até as nascentes dos rios ou até regiões rasas para desovar, por isso nesta fase fica proibida a pesca de espécies nativas.

A Polícia Ambiental fez durante o noite desta quinta-feira (28) uma fiscalização que se repete todo ano: às vésperas do fim da piracema para impedir que os pescadores entrem no rio antes da meia noite. Eles fiscalizam os acampamentos para verificar se está tudo dentro da lei.