Polícia abre inquérito para investigar agressão a atendente arremessada de moto em movimento pelo namorado

0
Mulher ficou com o rosto machucado após as agressões que sofreu em Rio Preto (Foto: Reprodução/TV TEM)

Vítima, de 18 anos, procurou a Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) e pediu uma medida protetiva contra o namorado. Agressão aconteceu no fim de semana em Rio Preto (SP).

A Polícia Civil de São José do Rio Preto (SP) abriu um inquérito para investigar a agressão a uma atendente, de 18 anos, que teria sido jogada de uma motocicleta em movimento pelo próprio namorado. O caso foi na Rodovia Transbrasiliana (BR-153), no sábado (21).

A vitima, que prefere ter a identidade preservada, procurou a Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) e pediu uma medida protetiva contra o namorado.

Ela afirmou ter sido agredida duas vezes após o casal sair de uma festa. Com o rosto bastante machucado, resultado dos chutes que levou, a jovem contou que desmaiou por conta da violência.

Depois da violência, ela foi jogada da moto na BR-153. O namorado a amarrou na moto e percorreu mais cinco quilômetros na garupa, até uma avenida no bairro Vitória Régia, onde foi novamente arremessada da moto e agredida.

Ainda conforme a jovem, foi a terceira agressão que sofreu em pouco mais de um ano de relacionamento. Um boletim de ocorrência foi registrado por lesão corporal e o caso está sendo investigado.

Vítima mostra calça rasgada e com marcas de sangue após agressões em Rio Preto (Foto: Reprodução/TV TEM)
Vítima mostra calça rasgada e com marcas de sangue após agressões em Rio Preto (Foto: Reprodução/TV TEM)