PM mata homem em casa noturna durante briga em Olímpia

0

Policial disse que foi hostilizado quando se identificou como oficial. Irmão da vítima afirmou que esbarrão na mulher do PM originou briga

Um homem foi morto baleado por um policial militar durante uma confusão em Olímpia (SP), dentro de uma casa noturna, na noite deste domingo (15). O policial é da capital e estava na cidade com a esposa.

No boletim de ocorrência consta que o casal estava na balada quando o homem se identificou como policial para o segurança. O policial relatou que, a partir de um momento, alguns indivíduos, ao verem que ele era policial, começaram a agredi-lo e jogar cerveja nele.

Ao ver que um dos homens tentou pegar o revólver de sua cintura ele segurou a arma e “houve um disparo”, segundo consta no BO. Um homem foi atingido e chegou a ser socorrido, mas não resistiu. A vítima é Everson Luís Nunes Pereira, de 38 anos.

No relato do policial também há a informação que a mulher dele chegou a ser agredida.

Esbarrão

Já o irmão da vítima Carlos Henrique Nunes Pereira contou outra versão à reportagem da TV TEM. O rapaz, que também estava no local, afirmou que houve um esbarrão na mulher do policial. O casal foi tirar satisfação e a mulher acabou jogando bebida no grupo, dando origem a um tumulto. No meio da confusão o policial sacou a arma e disparou.

Após a ocorrência, o policial foi encaminhado à delegacia e prestou esclarecimentos, alegando que agiu em legítima defesa. A Polícia Civil abriu inquérito para apurar o caso e vai ouvir os envolvidos.