Pizzaria de Jundiaí está entre as 50 melhores do mundo fora da Itália

0
Pizzaria napolitana de Jundiaí é eleita uma das 50 melhores do mundo fora da Itália — Foto: Divulgação

Ranking de 2019 foi elaborado por um site italiano e conta com outras três pizzarias brasileiras. Unidade de Jundiaí também foi certificada pela Associazione Verace Pizza Napoletana (AVPN).

Um pedacinho de Nápoles, mas no interior do estado de São Paulo. Foi por trazer a tradição italiana que uma pizzaria localizada na Rua do Retiro, em Jundiaí (SP), foi eleita por um site italiano uma das 50 melhores pizzarias napolitanas do mundo fora da Itália.

O ranking foi elaborado pelo 50 Top Pizza e divulgado no próprio site e através das redes sociais. O guia italiano é assinado por Barbara Guerra, Albert Sapere e Luciano Pignataro.

De acordo com o comerciante Natan do Carmo Martins, de 30 anos, um dos sócios da pizzaria, os critérios avaliados foram as características consideradas essenciais para uma pizza napolitana, cujo dia internacional é comemorado nesta quarta-feira (10).

“São tamanho de aproximadamente 30 centímetros, elasticidade, sabor da massa característico ao pão bem assado e qualidade dos ingredientes utilizados”, explica.

Esta foi a primeira vez que a unidade apareceu na lista da 50 Top Pizza, que conta com outras três pizzarias brasileiras no ranking de 2019, sendo duas de São Paulo e uma de Santo André.

Esta foi a primeira vez que a unidade apareceu na lista da 50 Top Pizza — Foto: Divulgação

Certificado napolitano

Além da classificação entre os 50 melhores, o restaurante de Jundiaí conquistou, em janeiro de 2018, o certificado da Associazione Verace Pizza Napoletana (AVPN). A associação sem fins lucrativos reconhece verdadeiras pizzas napolitanas espalhadas pelo mundo.

“Foi árduo conseguir esse selo, pois tivemos que provar que todos os processos de fabricação da pizza são seguidos conforme as normas da instituição”, comenta Natan.

A pizzaria recebeu uma visita do presidente, Antonio Pace, e do gerente geral da AVPN, Stefano Auricchio, além do pizzaiolo italiano Attilio Bachetti, que entregou o certificado aos sócios em mãos.

Hoje em dia, são 11 pizzarias brasileiras certificadas pela AVPN, criada em meados de 1984 com a missão de preservar e difundir a tradição pelo mundo.

Hoje em dia, são 11 pizzarias brasileiras certificadas pela AVPN — Foto: Divulgação

Massa leve

Em funcionamento desde agosto de 2017, a pizzaria de Jundiaí é considerada napolitana por servir o mesmo estilo de pizza encontrado em Nápoles, na Itália. Além de Natan, a unidade é comandada pelos comerciantes Fábio Alves Leite e Rafael Ferreira Videira, de 32 e 33 anos.

A pizza é individual e tem um tamanho de aproximadamente 29 centímetros de diâmetro. A farinha utilizada é do tipo 00 e a massa é fina e elástica, facilmente dobrável, como um livro.

Além disso, o prato tem como protagonistas a massa e o molho de tomate pelado – a farinha e o tomate pelado, inclusive, são importados da Itália.

“O segredo realmente é a massa. Por ser de longa fermentação, ela fica bem leve quando se come, não dá aquela sensação de que a pessoa fica estufada. Tanto é que os italianos a comem também no almoço”, conta Natan.

Para focar na qualidade das pizzas, a unidade optou por trabalhar com um cardápio pequeno, composto por apenas 10 sabores. Os mais pedidos são a ‘queen margherita’ e a ‘bravo bravo calabresa’.

“Vendemos aproximadamente duas mil pizzas por mês e trabalhamos somente com pizzas individuais, respeitando a tradição da pizza napolitana”, completa.