PF faz operação no interior de SP após Alemanha identificar brasileiros em rede de pedofilia

0

Mandados de busca e apreensão estão sendo cumpridos nas cidades de Jales, Santa Fé do Sul, Fernandópolis e General Salgado.

A Polícia Federal cumpre na manhã desta quarta-feira (20) 11 mandados de busca e apreensão em uma operação contra a pedofilia realizada em quatro cidades da região de Jales (SP).

As investigações começaram há alguns meses, depois que a PF recebeu informações de autoridades da Alemanha indicando que usuários da internet do Brasil teriam disponibilizado, por meio de uma rede chamada “eDonkey2000”, imagens pornográficas de crianças e adolescentes e também arquivos contendo cenas de abuso sexual.

Segundo a PF de Jales, a polícia alemã estava investigando casos de pedofilia pela internet no país quando descobriu a rede e viu que brasileiros do interior de São Paulo estavam envolvidos. Esses arquivos foram compartilhados entre usuários de internet da região de Jales, que agora são alvos das busca da PF.

Participam da operação, denominada Asinus, cerca de 50 policiais federais em cidades como Jales, Santa Fé do Sul, Fernandópolis e General Salgado.

Dos 11 mandados, sete são cumpridos em Fernandópolis, um em Santa Fé do Sul e Jales, e dois em General Salgado.

Peritos da PF estão acompanhando as diligências nos locais das buscas para analisar os equipamentos de informática e localizar provas de arquivamento ou compartilhamento de pornografia infantil que possibilitem prender em flagrante os criminosos.

Asinus

Segundo a Polícia Federal, Asinus é o termo em latim que significa asno – “donkey” – em inglês, nome da rede de dados utilizada pelos criminosos. Todo o material e os suspeitos que forem presos em flagrante serão apresentados na sede da PF de Jales.

Computadores apreendidos pela Polícia Federal (Foto: Divulgação/Polícia Federal)
Computadores apreendidos pela Polícia Federal (Foto: Divulgação/Polícia Federal)