Peres confirma que Sampaoli pediu para tirar multa rescisória do contrato com o Santos

0
Foto: Gabriel dos Santos

O presidente José Carlos Peres, do Santos, confirmou que o técnico Jorge Sampaoli pediu ao clube para que retirasse sua multa rescisória – de cerca de R$ 10 milhões – a partir do segundo ano de contrato. Assim, o treinador poderia deixar o Peixe de graça a partir de janeiro de 2020.

Em entrevista Peres revelou a solicitação de Sampaoli, mas explicou que uma decisão só será tomada após reuniões internas.

– Ele fez uma solicitação de que o segundo ano não tivesse multa, mas estamos discutindo internamente o que fazer – afirmou

No entanto, mesmo com o apelo de Sampaoli, Peres se disse contrário à solicitação e afirmou que conta com o diretor de futebol Paulo Autuori para convencer o treinador a mudar de ideia. Sampaoli já recebeu diversas sondagens (do Brasil e do exterior) por causa de seu bom trabalho no Santos.

– A questão da multa é algo contratual, que deve ser discutido internamente no clube. O Paulo Autuori já está conversando e tentando fazer com que não haja nenhum tipo de descontentamento de ambas as partes. Contrato é feito para ser cumprido. Não faz sentido tirarmos a multa. Temos um caminho até dezembro e temos que focar dentro de campo. Vamos discutir esses detalhes mais para frente – disse Peres.

Em entrevista recente, Sampaoli afirmou que “seria impossível” pedir demissão do Santos. O argentino, segundo pessoas próximas, não pensa em sair do clube e tem o desejo de cumprir seu contrato, válido até o fim de 2020.

Fora as questões contratuais, José Carlos Peres não poupou elogios para falar de Sampaoli. O presidente do Santos disse que o treinador foi uma “grande aquisição” para o clube e creditou a ele os bons resultados dentro de campo:

– Primeiro, nós temos que entender que o Sampaoli foi uma grande aquisição e está fazendo um grande trabalho. Reconhecemos a liderança dele e que ele está trazendo resultados. Tropeçamos no sábado, mas tivemos sorte que o Palmeiras tropeçou. Só tenho elogios para ele.

O Santos é o líder do Campeonato Brasileiro, com 32 pontos, três a mais que o vice Palmeiras. O Peixe volta a campo no próximo domingo, às 16h (de Brasília), para enfrentar o Cruzeiro, em Belo Horizonte.