Pela primeira vez, Cuca terá semana livre para recuperar jogadores e armar Santos que faz clássico contra São Paulo

0
Cuca Santos (Foto: Albari Rosa/Gazeta do Povo)

Alison, Rodrygo (que entrou no intervalo no Paraná) e Sánchez podem voltar no domingo

Após a vitória contra o Paraná, o Santos terá seis dias de preparação para o clássico contra o São Paulo, no próximo domingo, às 16h (de Brasília), na Vila Belmiro, pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Depois de uma maratona de 12 jogos em 36 dias, o técnico Cuca enfim ganhou tempo para armar o Santos. Será a estreia do treinador em clássicos no retorno ao clube.

A semana também será importante para recuperar alguns jogadores desgastados fisicamente. Contra o Tricolor paranaense, Alison e Rodrygo foram poupados. Carlos Sánchez também fará um tratamento intenso para voltar no clássico após se lesionar na seleção uruguaia.

Em entrevista coletiva no último domingo, Cuca se defendeu por ter preservado alguns jogadores contra o Paraná e valorizou as peças que entraram.

– Eu fecho 36 dias de casa, jogamos 12 partidas. Não tem como, graças a Deus, as coisas têm ido bem. Você não está poupando, e sim, preservando. Não precisa entrar 100%. O Rodrygo, por exemplo, na quinta, deixou o campo com cãibras. O Paraná teve um dia a mais para treinar. Hoje, tivemos quatro ou cinco jogadores renovados que deram equilíbrio para a equipe – disse Cuca.

Para efeito de comparação com Jair Ventura, último técnico do Santos, tirando o período de recesso da Copa do Mundo, o então treinador do Peixe teve apenas quatro semanas livres: uma em fevereiro, uma em março e dois em abril.

O elenco santista se reapresenta na tarde desta segunda-feira, no CT Rei Pelé. Só reservas irão ao gramado. Titulares contra o Paraná farão trabalho regenerativo na academia.

*Colaborou sob supervisão de Marcelo Hazan.