Pedrinho espera brilhar na terra das Cordilheiras: “São esses jogos que vão mostrar o meu valor”

0
Foto: Daniel Augusto Jr / Ag Corinthians

Meia-atacante se encanta com as belezas naturais do Chile e festeja fase como titular do Corinthians

Não há quem visite Santiago e não fique boquiaberto com a beleza da imponente Cordilheira dos Andes, cadeia de montanhas que pode ser vista de vários pontos da capital chilena.Como do estádio Monumental, palco da partida entre Colo-Colo e Corinthians, nesta quarta-feira, às 21h45 (de Brasília), pelas oitavas de final da Libertadores.

Titular do Corinthians no primeiro jogo, Pedrinho foi alertado pelo amigo Mateus Vital sobre o cenário natural durante a ida da equipe para o último treinamento antes do jogo. Empolgado, registrou o momento em suas redes sociais.

Reprodução do Instagram de Pedrinho (Foto: Reprodução)
Reprodução do Instagram de Pedrinho (Foto: Reprodução)

– Estava no ônibus com o Mateus, e ele falou das Cordilheiras. Tirei umas fotos para mostrar para a minha namorada e para os meus pais. É um lugar muito bonito, a gente acaba vendo essas coisas, o estádio é bonito também. Eu não imaginava viver isso aqui hoje – disse o garoto.

O meia-atacante de 20 anos soma quatro jogos na Libertadores, dois deles como titular – o desta quarta será o terceiro.

Mais recentemente, com a venda de Rodriguinho e as lesões de jogadores como Roger e Jonathas, que mudaram a posição de Romero, ele foi titular contra Vasco, Chapecoense e Atlético-PR. Algo que a torcida vinha pedindo, e Osmar Loss, confiando no garoto, tem apostado.

– Não dá para dizer que sou um titular definitivo, venho de alguns jogos como titular, me sinto titular, mas não definitivo. Todo jogo pode ter mudanças, temos jogadores com condições para isso.

Queridinho da torcida do Corinthians, já famoso no Brasil e especulado em clubes da Europa, Pedrinho vê o jogo desta quarta como mais uma chance de se tornar, cada vez, mais conhecido.

– São esses jogos que vão mostrar o meu valor, o meu futebol. Fora do Brasil o meu nome ainda está crescendo, então outras pessoas vão poder ver o meu futebol neste jogo – destacou.

Pedrinho em entrevista no Chile (Foto: Marcelo Braga)
Pedrinho em entrevista no Chile (Foto: Marcelo Braga)

Abaixo, veja mais trechos do papo com Pedrinho:

GloboEsporte.com: Como chega o Corinthians para essa decisão?
Pedrinho: A gente vinha de um momento complicado até a parada da Copa, mas pudemos crescer nela. Estamos há quatro jogos sem perder, vivemos um grande momento. Vamos aproveitá-lo e colocar o que aprendemos com Osmar (Loss) em campo.

Considera a Libertadores um campeonato muito diferente?
Sim, cada campeonato tem sua importância e sua diferença. A Libertadores é um campeonato muito difícil que, muitas vezes, o juiz não dá a falta, deixa seguir o jogo. Sabemos a importância deste campeonato, será minha primeira experiência num mata-mata assim.

Gosta das viagens? Algo marcou nas viagens que fez?
É muito difícil a gente conhecer algo. Sempre converso disso com minha família: viajo muito, mas não conheço nada. É o preço que se paga. Temos de estar concentrados sempre, então é difícil.

Sheik tem dado conselhos sobre Libertadores?
Sobre isso a gente não conversa tanto. Experiência se pega mais dentro de campo, ele conversa no jogo, no intervalo, mais naturalmente, fala para tocar mais a bola, correr e infiltrar, diz que o árbitro não vai apitar tudo. Fala coisas importantes.

O Corinthians caiu nas oitavas em 2013, 2015 e 2016. Dessa vez será diferente? 
Estamos colocando um bom futebol em campo para avançar nas competições. A gente vê nossa evolução, isso nos dá confiança para mostrar ao torcedor que podemos avançar.

Como está o Pedrinho após um ano e meio de profissional?
Tenho evoluído muito em todos os sentidos, dentro e fora de campo. Tenho aprendido com os companheiros. Me sinto 100 vezes mais preparado do que quando cheguei. Muitas vezes eu queria em todo lance mostrar para a torcida o meu valor, mas aprendi que muitas das vezes é necessário fazer o simples, ser objetivo. Tenho muito a aprender ainda, mas o pouco que aprendi tem sido fundamental neste período de titularidade.

Veja as informações para a partida:

Local: estádio Monumental David Arellano, em Santiago, no Chile
Data e horário: quarta-feira, às 21h45 (de Brasília)
Escalação provável: Cássio, Fagner, Pedro Henrique, Henrique e Danilo Avelar; Gabriel e Douglas; Pedrinho, Romero, Jadson e Clayson
Desfalques: Jonathas (lesão muscular na coxa direita), Renê Júnior (em recuperação de cirurgia no joelho direito), Ralf (aprimorando o condicionamento físico)
Arbitragem: Wilmar Roldán apita o jogo, auxiliado por Alexander Guzman e John Alexander Leon, todos da Colômbia
Transmissão: TV Globo para SP, PR e CE (com Cleber Machado, Caio Ribeiro, Casagrande e Paulo César Oliveira)
Tempo real: no Globoesporte.com, a partir das 20h45