Parques aquáticos de Olímpia reabrem após mais de seis meses sem funcionar

0
Parque aquático de Olímpia — Foto: Reprodução

Os parques aquáticos de Olímpia (SP), um dos mais importantes polos turísticos do Estado de São Paulo, reabrem nesta quinta-feira (1º) depois de mais de seis meses fechados por causa da pandemia do coronavírus.

A reabertura das atrações ao ar livre foi autorizada pelo Governo de São Paulo no dia 23 de setembro. Os estabelecimentos poderão funcionar oito horas por dia, com capacidade reduzida e obedecendo os protocolos de segurança. Os ingressos serão vendidos apenas pela internet.

Olímpia conta com um fluxo médio anual de quase 3 milhões de visitantes. Os principais atrativos são os parques aquáticos, clubes menores e vale dos dinossauros.

A cidade conta com cerca de 90 estabelecimentos para hospedagem, entre hotéis, pousadas e resorts, com estrutura para todos os públicos, além de mais de 500 casas de temporada, somando cerca de 23 mil leitos, que ficaram praticamente vazios durante o período.

Os parques vão reabrir com a capacidade de 40% do total. A capacidade total do Hot Beach Resort é para 8 mil pessoas. Portanto, a capacidade de 40% é 3,2 mil pessoas. O parque funcionará de terça-feira a domingo, das 9h às 17h, incluindo feriados.

A diretoria do Parque Aquático Thermas dos Laranjais confirmou que reabrirá suas mais de 50 atrações a partir desta quinta-feira também. Em 2019, o Thermas dos Laranjais foi o 5º parque aquático mais visitado do mundo e o 1º da América Latina.

Para a retomada, o parque reduziu a recepção do público, alterou o horário de funcionamento e adotou critérios de controle a fim de garantir a saúde e segurança de seus visitantes e colaboradores.

Parque Aquático Thermas dos Laranjais, em Olímpia, é considerado um dos maiores da América Latina — Foto: Divulgação

Parque Aquático Thermas dos Laranjais, em Olímpia, é considerado um dos maiores da América Latina — Foto: Divulgação