Palmeiras vence, quebra invencibilidade do Atlético-PR e abre vantagem na ponta

0

 Screenshot_1
Derrotas de Corinthians e Atlético-MG contribuem para o Verdão ter mais folga na liderança. Furacão, com 30 pontos, está em sétimo; Vitor Hugo marca o único gol do jogo
Screenshot_2

RESUMÃO

  • O JOGO RESUMÃO

    O Palmeiras não só manteve a liderança do Campeonato Brasileiro como abriu vantagem para o segundo colocado. Para isso, derrubou a invencibilidade do Atlético-PR na Arena da Baixada com uma vitória por 1 a 0, na noite deste domingo. O único gol da partida foi marcado pelo zagueiro Vitor Hugo, de cabeça, após cobrança de escanteio no final do primeiro tempo. A equipe paranaense pressionou na etapa final, mas parou em boas defesas do goleiro Jailson, que atuou em grande parte do tempo com dores musculares.

  • DESTAQUE BOLA NA REDE

  • DESTAQUE 
  • 90 MINUTOS
  • O Palmeiras foi superior no primeiro tempo. Com a marcação adiantada (e firme), o Verdão tomou a iniciativa, empurrou o Atlético-PR para trás, mas não foi tão efetivo nas conclusões. Foram sete finalizações da equipe paulista, mas apenas uma chance clara de gol, justamente a cabeçada de Victor Hugo, aos 43 minutos, após cobrança de escanteio de Dudu. O Furacão tentou acelerar as saídas ao ataque, explorou alguns cruzamentos, mas não levou perigo ao goleiro Jailson.

    No segundo tempo, o Atlético investiu em jogadas aéreas para tentar ao menos o empate e exigiu boas defesas de Jailson, a principal delas aos 19 minutos, em cabeceio de Paulo André após escanteio da direita. O Palmeiras se fechou para explorar os contra-ataques. Até teve espaços para atacar, mas errou o último passe e não conseguiu ameaçar o goleiro Santos.

  • DESTAQUE ESTATÍSTICAS
  • Posse de bola
    Atlético-PR: 59%
    Palmeiras: 41%

    Finalizações
    Atlético-PR: 6
    Palmeiras: 13


    Chances reais de gol

    Atlético-PR: 2
    Palmeiras: 3


    Bolas levantadas

    Atlético-PR: 15
    Palmeiras: 11


    Escanteio a favor

    Atlético-PR: 3
    Palmeiras: 7


    Desarmes

    Atlético-PR: 43
    Palmeiras: 18

DEIXE UMA RESPOSTA