Pacientes sofrem com lotação em pronto-socorro de Penápolis

0

Pacientes que precisaram de atendimento no pronto-socorro de Penápolis (SP) na noite desta quarta-feira (22) enfrentaram lotação e demora. A sala de espera ficou lotada, assim como o corredor onde os pacientes aguardaram pela consulta médica.

A equipe da TV TEM foi até o local por volta das 19h30 e pacientes já estavam há mais de quatro horas esperando. “Uma fila imensa e mesmo com o encaminhamento na mão tive de esperar muito tempo”, afirma a paciente Karina de Oliveira.

Quem chegou depois das 20h teve de ter ainda mais paciência porque o número de pacientes aumentou. A Organização Social de Saúde, que administra o pronto-socorro, disse que tinham três médicos trabalhando nesta quarta-feira e que o movimento foi bem maior que o normal.

Pacientes também procuraram o pronto-socorro com sintomas de dengue. A cidade vive uma epidemia da doença e, por isso, Penápolis tem um centro de hidratação só para atender esses pacientes. Ele funciona das 14h às 22h, mas nesta quarta-feira ele estava fechado.

“Minhas plaquetas estão baixando, de 85 mil para 43 mil, e fui no centro da dengue e estava fechado, então vim para o pronto-socorro e está esse caos. Fiquei mais de quatro horas esperando, não tem onde sentar, não estou bem para ficar em pé, então vim para fora sentar no banco”, afirma.

A prefeitura informou que a médica que atenderia no centro de hidratação nesta quarta-feira ficou doente e que a Secretaria de Saúde até tentou contratar outro profissional. Por isso o local ficou fechado, mas nesta quinta-feira (23) deve funcionar normalmente das 14h às 22h.