Os 50 anos da Etec Philadelpho Gouvêa Netto

0

Motivo de orgulho para a comunidade escolar e toda cidade.

Em março deste ano a Etec Philadelpho Gouvêa Netto completará 50 anos de história em nossa cidade. O antigo Colégio Técnico Industrial de São José do Rio Preto, criado pelo Decreto nº 52.553 de 06/11/70, iniciou suas atividades no dia 15 de março de 1971, com os Cursos: Técnico em Edificações e Técnico em Mecânica no período noturno. O prefeito à época era o Professor Adail Vetorazzo.
Desde então a escola não parou de crescer e demonstrar a vocação de ensino profissionalizante de qualidade.
Em Janeiro de 1977, o Centro Estadual Interescolar Philadelpho Gouvêa Netto mudou-se para instalações próprias, à Av. dos Estudantes, nº 3278, onde está até hoje. A inauguração deu-se em 06 de agosto de 1977, graças ao trabalho do corpo docente e direção, juntamente com o Prefeito Municipal Dr. Romano Calil, com a colaboração do Prof. Celso Volpe, então assessor do Sr. Secretário de Educação, e Prof. Ubirajara Ramos, Coordenador do Ensino Técnico, sendo Governador do Estado de São Paulo o Dr. Paulo Egydio Martins. Em 1993, a escola foi transferida para o Centro Estadual de Educação Paula Souza – CEETEPS, passando a denominar-se Escola Técnica Estadual Philadelpho Gouvêa Netto.
Deste modo, a autarquia estadual pertence à Secretaria de Desenvolvimento econômico, Ciências e Tecnologia do Governo Estadual oferecendo Cursos Técnicos e Ensino Médio gratuitos e de alta qualidade. Os resultados dos nossos alunos em exames como Enem e Saresp, com notas só obtidas por escolas particulares de alto nível, e destacando-a sempre como a melhor escola pública da região nos rankings, assim como a alta empregabilidade dos egressos do ensino técnico comprovam a excelência do ensino.

A escola teve alguns Diretores que muito contribuíram para a Instituição, e dentre eles podemos citar o Prof. Olavo Fonseca, o Prof. Clóvis Sanfelice, a Profª. Maria Carolina Cosenza Araújo, a Senhora Iraci Duarte funcionária de carreira e muito querida até hoje por toda comunidade escolar, o Prof. Alberto Bastos Moutinho, e a Profª. Valéria Regina Donatoni Anguera que exercendo a função, pode comemorar os 40 anos de história. E já se passaram mais dez anos.
O Diretor atual é o Sr. Marcelo Romano Cáceres e neste ano são oferecidos os seguintes cursos:
Curso Técnico em Administração,
Curso Técnico em Administração – Integrado ao Ensino Médio.
Curso Técnico em Contabilidade
Curso Técnico em Desenvolvimento de Sistemas
Curso MedioTec em Desenvolvimento de Sistemas
Curso de Desenvolvimento de Sistemas – Integrado ao Ensino Médio
Curso Técnico em Edificações
Curso Técnico em Edificações – Integrado ao Ensino Médio
Curso Técnico em Eletrônica – Integrado ao Ensino Médio
Curso Técnico em Eletrônica
Curso Técnico em Eletrotécnica
Curso Técnico em Enfermagem
Curso Técnico em Enfermagem
Curso Técnico em Finanças
Curso Técnico em Mecânica
Curso Técnico em Mecatrônica – Integrado ao Ensino Médio
Curso Técnico em Prótese Dentária
Curso NovoTec em Prótese Dentária
Curso Técnico em Recursos Humanos
Curso Técnico em Telecomunicações
Curso Técnico em Vestuário
Podemos assim observar a variedade de profissões que são contempladas pela ETEC, sempre acompanhando as demandas do mercado de trabalho regional.
O ensino técnico integrado ao médio segue as diretrizes do itinerário formativo oferecendo continuidade dos estudos na área escolhida. A própria escola oferece Especializações Técnicas esporadicamente de acordo com as demandas dos eixos tecnológicos oferecidos.
Dentre essas Especializações Técnicas posso destacar as do Eixo Ambiente e Saúde, do qual faço parte. Em enfermagem atendem necessidades dos hospitais regionais como Especialização Técnica em Urgência e Emergência / APH, em Obstetrícia e Neonatologia
e Especialização Técnica em UTI de forma segmentada (Adulto e Neo). Na área de Prótese Dentária podem ser oferecidos as Especializações Técnicas em Prótese Fixa, Prótese sobre Implantes e Ortodontia.
Sabe-se que um profissional com especialização tem mais chances num processo de seleção para o mercado de trabalho. Os alunos egressos da própria Etec ou de outras instituições podem obter essa qualificação de forma gratuita após aprovação no processo seletivo chamado Vestibulinho.
Muitos destes Planos de Curso são desenvolvidos por professores da Etec junto ao Grupo de Formulação e Análises Curriculares – GFAC na capital. Nossos professores compõem equipes de especialistas em pesquisa e sistematização de perfis profissionais alinhados com demandas sociais e com o mercado de trabalho, incluindo procedimentos de seleção e definindo atribuições, atividades; competências, habilidades e bases tecnológicas articuladas em componentes curriculares que configuram a matriz curricular em um determinado Eixo Tecnológico, contemplando a Formação Geral do aluno.
Finalizo desejando vida longa para nossa Escola, e cumprimentando todos os professores, servidores e alunos que fizeram e ainda fazem parte dessa história de sucesso na educação.

Christianno Vinicius Semedo
Cirurgião-Dentista – Mestre em Ciências Odontológicas.
Docente de Prótese Dentária da Etec Philadelpho Gouvêa Netto.
Membro do Grupo de Formulação e Análises Curriculares do Centro Paula Souza.