Operação contra linhas cortantes apreende menores em Rio Preto

0
Operação contra linhas cortantes de pipa apreender 6 menores em Rio Preto — Foto: Reprodução/TV Tem

Seis adolescentes, com idades entre 14 e 16 anos, foram flagrados soltando pipas com linhas cortantes no bairro Colorado. Todo o material foi apreendido.

Seis menores foram apreendidos em uma operação conjunta entre a Polícia Militar e Guarda Civil Municipal (GCM) contra linhas cortantes utilizadas em pipas, no bairro Colorado, em São José do Rio Preto (SP), neste domingo (7).

De acordo com a Polícia Militar, os adolescentes, com idades entre 14 e 16 anos, foram levados para a delegacia e os pais deles foram chamados para assinar um termo de responsabilidade.

Segundo o chefe dos agentes de proteção da Vara da Infância e Juventude, Fábio Acayaba, em situações como esta, envolvendo menores, os responsáveis podem ter que pagar multa R$ 6 mil, além de responder criminalmente.

“Vamos encaminhar um relatório para o juiz para ele verificar quais providencias irão ser tomadas. Ele pode optar por multa ou advertência”, diz Fábio Acayaba.

Segundo a Guarda Civil Municipal, mais de 2.100 linhas cortantes foram apreendidas no município durante todo o ano passado.

“Pode ser fatal se um motociclista for atingido pela linha com cerol. O tecido muscular, a pele é muito sensível”, afirma Roger Assis, Guarda Civil Municipal.

Além de trazer perigo aos motociclistas, os moradores do bairro Colorado também afirmam que a prática causa transtornos.

“Eles quebram nossa cerca todinha. Quebram o fio da internet e temos que ficar sem usá-la”, diz uma moradora que preferiu não se identificar.

A ‘Operação Linha Cortante’ começou no bairro Colorado e vai passar por diversas regiões de Rio Preto até o final de agosto.