Operação contra furto de energia prende suspeitos do crime em Birigui e região

0
Policial vistoria rede de energia de casa em Birigui (Foto: Reprodução/TV TEM)

Pelo menos 30 pessoas foram presas em flagrante por causa dos furtos em 15 cidades. Um eletricista foi preso em Lins (SP).

A Polícia Civil fez nesta segunda-feira (24) uma operação na região de Araçatuba (SP) contra o furto de energia elétrica, os chamados ‘gatos’. Na operação, eles vistoriaram casas e lojas em busca desse furto de energia. A operação se chama Gato de Botas. A operação foi concentrada em Birigui (SP), mas também atingiu outras cidades do interior de São Paulo.

De acordo com a Polícia Civil, pelo menos 30 pessoas foram presas em flagrante por causa dos furtos em 15 cidades do noroeste paulista e em outras cidades. A polícia disse que um eletricista foi preso em Lins (SP), que seria responsável por fazer os gatos. Segundo as investigações, ele cobrava cerca de R$ 80 por serviço e faturava por mês R$ 7 mil.

A primeira etapa desta operação foi em 2012, quando a polícia descobriu um grande esquema de furto de energia elétrica. Ao todo, 80 policiais participaram da operação e foram cumpridos 229 mandados de busca e apreensão, sendo 105 apenas em Birigui (SP).

Durante a operação, os policiais vistoriam casas, comércios e indústrias nas cidades e se há sinais de irregularidades, a polícia chama uma equipe técnica da CPFL (Companhia Paulista de Força e Luz) para confirmar o furto.