‘O Bairro Ideal’: despejo irregular de lixo preocupa moradores no Parque São Geraldo

0
Nem as praças da região do Parque São Geraldo são poupadas do descarte irregular de lixo — Foto: TV TEM/Reprodução

Região registra todo tipo de detrito espalhado por ruas e terremos e pede instalação de um Ecoponto. Tema é um dos que integram a lista de problemas do projeto da TV TEM.

O despejo de lixo em áreas impróprias é um problema grave na maioria das cidades brasileiras e nem de longe parece ser uma exclusividade na região do Parque São Geraldo, na região norte de Bauru (SP).

No entanto, a situação neste canto da cidade vem se mostrando tão fora do controle que o tema “lixo” acabou entrando na lista de problemas em votação no projeto “O Bairro Ideal”, da TV TEM.

Além do lixo, os outros temas que estão em votação nesta edição do projeto e que são tratados como prioritários pela população são o asfalto, o lazer e a saúde.

Em quase todas as ruas do bairro as imagens de lixo espalhado se repetem, seja nas calçadas, em terrenos entre uma casa e outra, ou até mesmo em praças e numa pista para caminhadas.

A reportagem da TV TEM flagrou cenas de descarte irregular de tipos de material, desde colchões e sofás, a aparelhos eletrônicos, entulho de construção e até mesmo lixo orgânico.

A situação é motivo de tristeza para moradores que escolheram o Parque São Geraldo para viver e trabalhar. A microempresária Veridiane Plaza cresceu no bairro e realizou o sonho de ter o próprio negócio, mas está cansada de ver a tanto lixo em frente à sua padaria.

“As pessoas vêm de carriola ou de carro e jogam entulho, material de construção, lixo, tudo. A poeira vai toda pro meu estabelecimento. Além disso, tem o cheiro forte, uma situação que me atrapalha bastante”, explica Veridiane.

O bairro está em expansão, com muitas construções em andamento, mas a maioria delas não utiliza caçamba. Com isso, o entulho é jogado nos terrenos vazios ao lado de cada obra.

Além do mau cheiro, da poeira e do perigo de doenças, como a dengue e a leishmaniose, o descarte irregular de lixo também tem relação com as enchentes. Próximo à Avenida Moussa Tobias, um dos principais acessos ao bairro, há muito lixo e entulho jogado bem ao lado de uma obra de implantação de galerias para evitar alagamentos e inundações.

O Ecoponto mais próximo está na Pousada da Esperança, a cerca de sete quilômetros de distância do Parque São Geraldo — Foto: TV TEM/Reprodução
O Ecoponto mais próximo está na Pousada da Esperança, a cerca de sete quilômetros de distância do Parque São Geraldo — Foto: TV TEM/Reprodução

Entre os moradores, o pedido recorrente é a instalação no bairro de um Ecoponto, áreas públicas criadas pela prefeitura para a captação de pequenas quantidades de entulho. O mais próximo fica no bairro Pousada da Esperança 1, a cerca de 7 quilômetros de distância do São Geraldo.

“É uma completa falta de consciência das pessoas e esquecimento da prefeitura com a gente. Como não temos um Ecoponto, acabam jogando lixo em toda parte porque não tem onde jogar”, diz o universitário Matheus Leandro da Silva Vieira, morador do bairro.

Em nota, Secretaria do Meio Ambiente (Semma) informou que vai disponibilizar fiscais para tentar identificar os infratores que despejam lixo na região.

Sobre o Ecoponto, o titular da Semma, Sidnei Rodrigues, disse que já há uma área definida para a estrutura, mas a prefeitura não possui verba para sua instalação neste ano.

A prefeitura informou ainda que realiza a limpeza de áreas públicas e que os proprietários de aréas particulares serão notificados pela Secretaria de Saúde para fazer a limpeza.

Mesmo regiões próximas a importantes avenidas estão tomadas pelo lixo — Foto: TV TEM/Reprodução
Mesmo regiões próximas a importantes avenidas estão tomadas pelo lixo — Foto: TV TEM/Reprodução