Número de greves no Brasil caiu 25% em 2017, aponta Dieese

0
Greve dos Correios em 2017 durou 17 dias

No ano passado, foram realizadas 1.566 paralisações no país, sendo que 16% delas duraram mais de 10 dias

Em 2017, foram registradas 1.566 greves no país, o que representa uma queda de 25%
na comparação com 2016, segundo balanço anual divulgado nesta terça-feira (17) pelo
Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese).

Segundo o levantamento, das 1.566 greves ocorridas no ano passado, 814 foram promovidas por trabalhadores do setor público e 746 por trabalhadores da esfera privada.

Em tempo de duração, 54% das greves (839) foram encerradas no mesmo dia em que foram deflagradas e cerca de 16% (244) alongaram-se por mais de 10 dias.

Segundo o Dieese, 81% das greves realizadas em 2017 incluíam itens de caráter defensivo na pauta de reivindicações, sendo que mais da metade (56%) referia-se a descumprimento de direitos.

A exigência de regularização de vencimentos em atraso (salários, férias, 13º ou vale salarial) esteve presente na pauta de 44% e foi a principal reivindicação. Na sequência,
aparece o pedido de reajuste de salários e pisos, presente em 32% das paralisações.

De 570 greves (36% do total anual) sobre as quais o Dieese conseguiu reunir informações sobre o desfecho, 78% tiveram algum êxito no atendimento às suas reivindicações, segundo o balanço.