Novorizontino deve manter parte do elenco do Paulistão para a disputa da Série D

0
Genilson Rocha dos Santos, presidente do Novorizontino, garante base para disputa da Série D do Brasileiro — Foto: Emilio Botta

Com o fim do Paulistão ao ser eliminado pelo Palmeiras nas quartas de final, o Novorizontino agora foca suas atenções para o segundo semestre e, principalmente, para a disputa da Série D do Campeonato Brasileiro.

Subir de divisão no campeonato nacional é uma das metas do time, que chegou às quartas do estadual nas últimas três edições.

– Uma das prioridades que temos, como meta, dentro do clube, é buscar um espaço maior e melhor dentro do futebol brasileiro, isso faz parte do próprio crescimento do clube. A Série D vamos tratar com carinho, com cuidado, vamos usar de todas as forças para buscar o acesso, porque entendemos que é primordial para a sequência e crescimento do clube – afirma o presidente Genilson da Rocha Santos.

Mas se engana quem acha que o clube vai dispensar os jogadores para montar outro elenco. Por causa da diferença de orçamentos entre o Paulistão e a Série D do nacional, muitos clubes acabaram dispensando o elenco todo.

O Novorizontino irá manter os goleiros Oliveira e Vinícius, os zagueiros Edson Silva e Everton Sena, o volante Adilson Goiano, o atacante Cléo Silva, os meias Danielzinho e Elvinho, além dos laterais Reverson e Paulinho.

– Vamos precisar de algumas peças pontuais e sabemos onde queremos chegar, isso é o mais importante. Não é fácil terminar um Paulista e conseguir manter boa parte do elenco, porque é são torneios diferentes. Mas o clube vai na contramão disso, pela estrutura e condição que temos boa parte do elenco vamos conseguir manter – disse.

O Novorizontino integra o Grupo A14 da Série D do Brasileiro ao lado de Hercílio Luz, Itaboraí e Tupi. A estreia do Tigre na competição está marcada para o dia 5 de maio, contra Itaboraí, fora de casa, ainda sem horário definido.