Novembro Negro terá diversas atividades para conscientização

0

Mês da Consciência Negra levanta discussão sobre pautas importantes na comunidade negra

O prefeito Edinho Araújo participou nesta sexta-feira, dia 1º, de cerimônia de abertura do Mês da Consciência Negra, realizado pelo Conselho Afro, que faz parte da Secretaria da Mulher em parceria com o setor privado e instituições do terceiro setor. A solenidade ocorreu no gabinete do prefeito. São várias atividades programadas entre os dias 1 e 30 de novembro, em comemoração ao mês da Consciência Negra.

As ações têm caráter cultural, formativo e de saúde. Entre as atividades do “Novembro Negro”, atrações como o Concurso Miss Raça Negra, shows de rap, percussão afro e exposições de fotos e painéis artísticos; além de palestras, fóruns e shows de outros estilos musicais, promovidos pelos parceiros do Conselho Afro, totalizando cerca de 100 atividades ao longo dos 30 dias.

O Conselho Afro firmou parcerias com as Secretarias da Mulher, Pessoa com Deficiência, Raça e Etnia; Cultura; Saúde; Educação e Esportes e Lazer. As parcerias também se estendem ao setor privado, com o patrocínio da Unimed e apoio das empresas, Itamarati, Beetools, Atual, Plaza Avenida Shopping e Grupo Cene, além das entidades Acirp, UNIRP e SESC.

“O Conselho Afro vem se empenhando na formalização de parcerias que irão além do mês de novembro, visando o fortalecimento do órgão e ampliação das ações de conscientização – tanto da população, quanto dos próprios parceiros – e da aproximação com as negritudes do município”, destacou o presidente do Conselho Municipal Afro de Rio Preto, Darok Viana.

O Novembro Negro tem o objetivo de trazer à tona discussão das pautas mais importantes discutidas na comunidade negra, como a violência contra a mulher negra, profissionalização e empreendedorismo, mercado cultural e acesso ao ensino de qualidade.

A secretária Direitos para Mulheres, Pessoa com Deficiência, Raça e Etnia, Maureen Leão Cury, lembrou da importância das atividades. “Uma reflexão sobre a questão racial. Muitas vezes não reconhecemos a importância dos negros na sociedade atual”, lembrou.

O prefeito Edinho Araújo disse que em um governo democrático todos devem participar das decisões. “Nós queremos uma sociedade igual, uma cidade onde as pessoas se respeitem, seja qual for sua condição social, sua raça, o seu credo. Uma cidade plural e que tenha consciência do que significou a escravidão, realçando a importância da liberdade e da manifestação”, disse.

O calendário completo com todas as atividades que marcam o Novembro Negro poderá ser conferido através do site www.novembronegro.com.br.