NO BREJO

0

A Secretaria da Habitação está empurrando com barriga um problema social muito sério e de consequências seríssimas. As seis dezenas de famílias que ocupam a favela do Breno Alegre, com prazo até dia 29 deste mês para deixar o local, obviamente,  pela própria situação social em que se encontram, fatalmente não conseguirão se deslocar.

A secretária já discursou afirmando não ter um plano “b” para resolver a questão. Ora,  se o próprio governo, com toda a estrutura que tem,  Confessa sua incapacidade para solucionar um problema dessa natureza, o que esperar de pobres mortais, que literalmente vendem o almoço para comprar a janta?

Cabe ao poder público buscar a solução mais prática e humanizada possível ao invés de lamuriar sua incapacidade. Há crianças e pessoas com certa idade, que não podem e não devem ser submetidas a maior constrangimento.