‘Não tinha ninguém para socorrê-las’, diz genro e cunhado de idosas mortas

0
Idosas foram assassinadas dentro de casa (Foto: Graciela Andrade/TV TEM)

Jovem foi preso por matar dupla com canivete por causa de dívida.
Idosas eram queridas e crime comoveu moradores de Itajobi.

Os moradores de Itajobi (SP), município com pouco mais de 14 mil habitantes, ainda estão assustados com o duplo homicídio ocorrido na noite de sexta-feira (2) no Centro da cidade. Um servente de pedreiro de 21 anos foi preso em flagrante suspeito de matar duas idosas, de 84 e 60 anos, por causa de uma dívida de R$ 300.

Aparecido Belini perdeu sogra e cunhada  (Foto: Reprodução/TV TEM)
Aparecido Belini perdeu sogra e cunhada (Foto: Reprodução/TV TEM

O representante comercial Aparecido Roberto Belini, que perdeu a sogra e a cunhada de uma só vez, diz que a família está inconsolável.

“Infelizmente é muito triste. Quando a gente vê reportagens desse tipo achamos que só acontece em cidade grande, mas também estamos expostos. Ninguém está preparado para receber uma notícia dessas, é uma dor que não tem como explicar. É algo que fere a alma da gente, não só o coração. Revolta saber que minha sogra, uma mulher com 84 anos, estava em casa com minha cunhada e um cara chega, sem mais nem menos, e tira a vida das duas mulheres indefesas. Não tinha ninguém para socorrê-las, ele fez o ‘serviço’ e foi embora. Só Deus para nos confortar”, diz.

O diretor de obras Paulo Sérgio Tinte afirma que a família era muito conhecida em Itajobi e que o crime abalou a cidade. “Quando acontece uma barbaridade dessas ficamos emocionados, ainda mais por um motivo banal e com tamanha crueldade. Estamos comovidos”, diz.

O aposentado José Hércules diz que as duas eram pessoas muito queridas em Itajobi. “Elas faziam parte da igreja e este caso abalou muito a cidade. Cometer um crime desses por causa de uma dívida que nem era muito alta. Uma tragédia que acabou com a cidade”, diz.

Aposentado José Hércueles diz que as duas eram pessoas muito estimadas em Itajobi (Foto: Reprodução/TV TEM)
José Hércueles diz que as duas eram muito queridas (Foto: Reprodução/TV TEM)

O sargento da Polícia Militar José Roberto Lorenceto, que atendeu a ocorrência, diz que, segundo as estatística da PM, desde 2012 não ocorria um homicídio na cidade.

“Quando chegamos ao local as duas já estavam sem vida. O suspeito foi ao local e ao perguntarmos sobre o ocorrido e onde estava no momento do crime, ele deu desculpas desconexas. Ao ser questionado sobre as roupas sujas de sangue encontradas na casa dele, o suspeito confessou o crime. Ele demonstrou frieza nas declarações e riqueza de detalhes sobre como cometeu o crime, uma psicologia de autoria bastante fria. Em momento algum ele demonstrou arrependimento. Acredito que ele já foi ao local premeditado para matar”, diz.

Entenda o caso
Segundo a polícia, Antônia Donizete Mazaro Menegoli, de 60 anos, vendia produtos de beleza por catálogo para a mulher do servente de pedreiro, que mora na mesma rua dela. Na sexta-feira, conforme informações da polícia, o suspeito foi à casa da vítima e queria pagar a dívida de R$ 300 com apenas R$ 30.

No momento em que Antônia reclamou do valor, o homem sacou um canivete e a golpeou no pescoço. A sogra dela, Aparecida de Martins Menegoli, de 84 anos, que estava na casa, foi tentar socorrê-la e também foi golpeada no pescoço pelo rapaz, de acordo com a polícia. Um vizinho ouviu os gritos e chamou a polícia.

Suspeito foi preso pela Polícia Militar em Itajobi (Foto: Graciela Andrade/TV TEM)
Suspeito foi preso pela Polícia Militar em Itajobi (Foto: Graciela Andrade/TV TEM)

Após o crime, o rapaz foi à casa dele e ao perceber a movimentação policial na rua voltou para a casa das idosas. De acordo com a polícia, ele chegou a perguntar aos policiais o que havia acontecido.

Uma testemunha descreveu as características do suspeito à polícia, que desconfiou do jovem. Ao ser abordado, ele teria confessado o crime.

Segundo a polícia, o rapaz foi frio e contou o crime com riqueza de detalhes. Além disso, ele disse aos policiais que sempre andava com o canivete e que perdeu o controle.

O jovem, que tem passagem pela polícia por agressão e envolvimento com drogas, foi preso em flagrante e irá responder por duplo homicídio. Ele foi levado para a cadeia de Catanduva (SP). As duas idosas foram enterradas neste sábado (3), no cemitério municipal de Itajobi.

Crime chocou Itajobi; idosas são veladas juntas (Foto: Graciela Andrade/TV TEM)
Idosas foram assassinadas dentro de casa (Foto: Graciela Andrade/TV TEM)

DEIXE UMA RESPOSTA