‘Não respeitam ninguém’, diz moradora sobre arrastão em cemitério no interior de SP

0
Túmulo teve o material de bronze levado pelos ladrões em Tabapuã (Foto: Reprodução/TV TEM)

Cemitério de Tabapuã (SP) teve quase 250 túmulos roubados ou depredados. Ladrões levaram o bronze das lápides.

Moradores de Tabapuã (SP) estão revoltados com a onda de furtos no cemitério da cidade. Na quinta-feira (16), quase 250 lápides foram alvos de ladrões e tiveram peças de bronze furtadas ou vandalizadas.

A dona de casa Maria Aparecida Posada e o marido ficaram chocados quando viram o túmulo do filho depredado.

“Fiquei chateada, cheguei a chorar. Não respeitam ninguém, nem quem já se foi. Isso é muito triste. Encontrei meu filho roubado, mesmo morto”, afirma a dona de casa.

O atendente Giovani Roger e a mãe dele ficaram abalados quando viram que os ladrões tinham levada a foto do primo. “É uma situação muito desagradável. É um sentimento triste que fica porque leva uma coisa da família”, diz.

Pelo menos 250 túmulos foram violados. Os ladrões levaram na maioria dos túmulos as placas de identificação, imagens de santos e fotos com moldura.

Todos os objetos são produzidos com bronze, um material de valor expressivo, segundo a polícia. Em alguns jazigos os criminosos acabaram quebrando o mármore para retirar o bronze.

A suspeita da polícia é que os ladrões tenham arrombado o cadeado do portão lateral do cemitério e entrado de carro ou caminhonete. O jazigo da família do empresário Alexandre de Souza foi alvo de depredação. Ele reclama da falta de segurança no local.

“Acredito que câmeras de vigilância, iluminação, ajudariam a combater isso, para não acontecer algo desagradável como aconteceu”, afirma.

O cemitério não tem vigilante e a prefeitura diz que está estudando colocar câmeras de segurança no local, além de reforçar o patrulhamento feito pela Guarda Municipal.

A Polícia Militar diz que faz a ronda com base nas prioridades e nos índices de criminalidade do município que tem 12 mil habitantes.

“Conforme vamos recebendo informações de crimes, é feito patrulhamento em locais mais críticos, agora está incluso alguns horários críticos para passar no cemitério”, diz o sargento da polícia Rodrigo Pimenta.

A Polícia Civil disse que está investigando o caso, mas por enquanto não tem nenhuma pista dos ladrões.

Túmulos do cemitério de Tabapuã foram furtados e vandalizados (Foto: Arquivo Pessoal)
Túmulos do cemitério de Tabapuã foram furtados e vandalizados (Foto: Arquivo Pessoal)
Dona de casa Maria Aparecida teve o túmulo do filho depredado  (Foto: Reprodução/TV TEM)
Dona de casa Maria Aparecida teve o túmulo do filho depredado (Foto: Reprodução/TV TEM)