Na base da superação, Bauru derrota o Minas em casa e volta a vencer pelo NBB

0
Jefferson foi um dos cestinhas da partida — Foto: Victor Lira / Sendi Bauru Basket

Dragão teve quatro desfalques para a partida, além de ainda não poder contar com Alex Garcia e Gabriel Jaú; Minas cai duas posições

Com apenas sete jogadores profissionais disponíveis no elenco e alguns jovens da base para completar a rotação, o Bauru conseguiu vencer os desfalques e o Minas Tênis Clube por 81 a 68, em jogo disputado nesta quinta-feira, no ginásio Panela de Pressão, em Bauru, pela quarta semana do NBB 11. Lucas Mariano e Gegê foram os cestinhas do jogo, com 18 pontos cada.

Essa é a terceira vitória do Dragão no campeonato, contra cinco derrotas. O Minas, que começou o dia no quinto lugar, venceu quatro jogos e foi derrotado em três, perdendo duas posições na classificação, para Pinheiros e Botafogo, com o revés.

Bauru tem mais um compromisso na semana e enfrenta o São José no sábado, às 18h, no ginásio Panela de Pressão, com a expectativa da volta de Larry Taylor e Fúlvio. Na próxima terça-feira, o Minas volta a jogar em casa e encara o Mogi das Cruzes, na Arena Minas, às 20h.

O jogo

Coleman e Basílio abriram o placar com uma cesta de 3 pontos para cada lado. Mesmo muito desfalcado, o Bauru rapidamente tomou a liderança, mas o Minas virou com mais uma jogada do norte-americano. As equipes fizeram um período equilibrado, até que o Dragão retomou a frente num chute certeiro de Ruiz e ganhou a parcial por 19 a 17.

Na segunda parcial, o panorama do jogo mudou, e o Dragão conseguiu uma ligeira escapada no placar, obtendo vantagem de mais de duas posses de bola. O Minas até encostou, mas numa bola de 3 de Lucas Mariano, os paulistas abriram nove pontos de frente, a diferença entre as equipes no intervalo: 44 a 35.

Bauru manteve a vantagem durante o terceiro período. O Minas bem que tentou com Bob e Coleman, mas os donos da casa seguiram com a liderança e passaram da barreira dos 10 pontos de frente na bola de 3 de Cauê. Marcão, com dois lances livres, deixou a diferença em 15 tentos, no minuto final. Basílio ainda ampliou: 65 a 49.

A primeira metade do período final só ajudou o Bauru a se aproximar da vitória. As equipes foram mal no ataque, e no quinto minuto, o placar da parcial apontava 5 a 5. Nos instantes finais, os bauruenses até conseguiram aumentar a diferença no placar. Mas o Minas ainda tinha combustível no tanque, conseguiu uma boa corrida, descontou a distância para 13 pontos, só que já era tarde. Fim de jogo, Bauru 81 x 68 Minas.