Mulher tenta entrar em cadeia com pedaços de costela bovina ‘recheados’ com maconha

0
Mulher é presa ao tentar entrar em presídio com droga escondida dentro de costela de boi em Valparaíso (Foto: Divulgação/Secretaria da Administração Penitenciária)

Caso aconteceu em penitenciária de Valparaíso (SP). Agentes desconfiaram da atitude já que não é permitido entrar com carne que contém osso.

Uma mulher foi presa após tentar entrar com maconha escondida dentro de uma costela de boi na penitenciária de Valparaíso (SP).

O caso aconteceu neste domingo (15), mas só foi divulgado pela Secretaria de Administração Penitenciária (SAP) nesta quarta-feira (18).

Segundo a secretaria, durante a visita, a mulher levou uma marmita contendo costela de boi para ser entregue a um detento.

Ao passar a comida pelo raio-x, os agentes estranharam a atitude, já que não é permitido a entrada de carne com osso nos presídios.

Eles revistaram a comida e encontraram maconha escondida dentro do osso da costela. A Polícia Militar foi acionada.

A mulher foi presa e levada para a penitenciária de Lavínia (SP). Já o homem que receberia a droga foi levado para uma área separada.

Outro caso

Duas mulheres foram detidas ao tentar entrar com celulares, na penitenciária de Lavínia (SP), também no final de semana.

Segundo a SAP, elas estavam com os aparelhos escondidos nas partes íntimas e foram descobertas com a ajuda do detector de metais.

As duas foram levadas para delegacia da cidade, prestaram depoimento e, logo em seguida, foram liberadas. Os presos que receberiam os celulares foram levados para um pavilhão disciplinar.

Mulheres tentavam entrar com celulares de 7 centímetros  (Foto: Divulgação/Secretaria da Administração Penitenciária)
Mulheres tentavam entrar com celulares de 7 centímetros (Foto: Divulgação/Secretaria da Administração Penitenciária)